Xiaomi Redmi K40: nova linha será menos confusa para os utilizadores

Carlos Oliveira
Comentar

A Xiaomi tem feito um trabalho fantástico com os seus gama média, porém, tem o condão de confundir imenso os fãs. Exemplo disso são os vários elementos da linha Redmi K30, com vários tipos de painéis, várias taxas de atualização e velocidades de carregamento das baterias.

No próximo ano, ficaremos a conhecer os novos Xiaomi Redmi K40 que, segundo Digital Chat Station, serão mais uniformes que os atuais modelos. Pelo que está a ser avançado, todos os novos Redmi K40 chegarão com altas taxas de atualização no ecrã e velocidades de carregamento das baterias semelhantes.

Redmi K30

Linha Redmi K40 deverá chegar com carregamento rápido de 33W

Embora Digital Chat Station não avance com números concretos para essas tecnologias, outra fonte dá-nos algumas indicações do que esperar das velocidades de carregamento rápido. Segundo uma listagem da entidade chinesa 3C, pelo menos um dos novos Redmi K40 virá com carregamento rápido de 33W.

Redmi K40 entidade 3C

Em momento algum Digital Chat Station disse que os novos Redmi K40 seriam superiores, nessas tecnologias, aos atuais Redmi K30. O que foi avançado é que os próximos modelos serão mais uniformes, logo é possível que todos venham para o mercado com os mesmos 33W de carregamento rápido.

Relativamente às suas taxas de atualização do ecrã, ainda não temos informações do que esperar. Fica dada a dica de que nenhum deles chegará com um painel de 60Hz, como aconteceu, este ano, em alguns modelos.

Importa ainda notar que os próximos Redmi K40 serão compatíveis com as redes móveis 5G. Uma evolução que não surpreende ninguém, restando saber qual o processador que dará a estes equipamentos essa compatibilidade.

Alguns rumores apontam para que o ainda por anunciar Snapdragon 775G venha a ser uma das opções. Todavia, visto que a linha costuma ter algumas variações, é possível que sejam revelados outros modelos com um SoC inferior, para descer ainda mais o seu preço.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.