Xiaomi Redmi AirDots 3 Pro serão reaproveitados pela POCO para os mercados globais

Carlos Oliveira
Comentar

Na semana passada, a Redmi lançou uma nova geração dos seus populares auriculares Bluetooth. Os Redmi AirDots 3 Pro são os mais completos earbuds da marca parceira da Xiaomi até ao momento, mas para já são exclusivos da China.

Essa exclusividade deverá terminar em breve, através de uma estratégia bastante reconhecida no seio das empresas ligadas à Xiaomi. Com efeito, é bastante provável que estes auriculares sem fios cheguem aos mercados internacionais como POCO Pop Buds.

POCO Pop Buds serão o mesmo produto que os Redmi AirDots 3 Pro

Esta informação emerge depois da passagem dos vindouros auriculares sem fios da POCO pela plataforma certificadora Bluetooth SIG. Aí, os POCO Pop Buds apresentam-se com o mesmo número de série dos Redmi AirDots 3 Pro: TWSEJ01ZM.

POCO Pop Buds

Esta informação permite-nos perceber que a POCO vai optar por uma estratégia que não é estranha à sua forma de operação. Em suma, ela vai reutilizar um produto de uma marca parceira - neste caso da Redmi - e lançá-lo para outros mercados com a sua própria marca.

É muito provável que os AirDots 3 Pro devam chegar a mercados selecionados sob a alçada da POCO. Embora não tenham sido especificados quais os mercados onde os POCO Pop Buds serão vendidos, é possível que estes venham para os mercados internacionais.

Recordo, rapidamente, um caso bastante recente deste tipo de reciclagem de produtos. Há dias ficamos a saber que a POCO prepara o lançamento do POCO X3 GT, que mais não será do que a versão global do Redmi Note 10 Pro 5G.

POCO Pop Buds trarão cancelamento ativo de ruído a preço acessível

Sendo os POCO Pop Buds o mesmo produto que os Redmi AirDots 3 Pro, sabemos que eles oferecerão uma incrível relação qualidade / preço. O dado mais importante será a inclusão do cancelamento ativo de ruído.

Este será capaz de eliminar até 35dB do ruído que te envolve, graças aos seus três microfones. Vem equipado com drivers dinâmicos de 9mm, uma latência de 69 milissegundos e Bluetooth 5.2.

De referir ainda a sua autonomia total de 28 horas, tendo em consideração que cada auricular oferece uma autonomia de 6 horas. O seu carregamento pode ser feito pela sua entrada USB-C ou sem fios com padrão Qi. O preço na China equivale a €45, sendo possível que suba ligeiramente assim que chegar à Europa.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.