Xiaomi Redmi 1A, a máquina de lavar que queria ver à venda em Portugal

Filipe Alves

A Redmi, submarca da Xiaomi, saltou hoje ao palco para revelar o Xiaomi Redmi 7, os seus earphones sem fios por menos de 15€ e uma máquina de lavar com o nome de Redmi 1A. Ainda que venha a ser complicado a compra desta máquina de lavar para o nosso país, acredito plenamente que valha a pena conhecer. Principalmente devido aos agressivos preços que a Xiaomi Redmi está a praticar.

Com o preço de 120$ (110€) a nova, e primeira, máquina de lavar da Redmi, mostra-nos que a marca quer olhar para o mesmo segmento de mercado da Xiaomi. Ou seja, não esperes que a Redmi se venha a dedicar só e apenas a smartphones e gadgets.

Máquina de lavar xiaomi Redmi 1A

Visto que esta máquina de lavar não tem nenhuma característica que a torne "inteligente", só podemos presumir que a Redmi quer chegar mais longe num novo segmento. Com a abertura das lojas oficiais da Xiaomi em Portugal, não custa sonhar que um dia também nós portugueses possamos comprar uma máquina de lavar por este preço.

Máquina de lavar por 120€? Precisamos que a Xiaomi Redmi 1A chegue a Portugal

A máquina de lavar é de 8Kg e tem vários modos de lavagem. Aliás, conta ainda com um modo para se auto-lavar e prevenir calcário. A tampa superior é transparente para ires vendo o progresso da lavagem à medida do seu trajeto.

Máquina de lavar xiaomi Redmi 1A 2

A Xiaomi Redmi 1A é uma máquina de lavar que pesa 32Kg, ou seja, não será nada simples importar um produto destes. Mesmo que possível, os valores de portes acabaria para levar a máquina de lavar para um preço idêntico às que temos no mercado.

Em suma, o objetivo deste artigo é mesmo demonstrar o quão a Redmi está pronta a competir. Ainda que não venha a ser simples ter uma máquina de lavar por 120€, este tipo de produto já existe do outro lado do mundo. Esperemos que a Xiaomi não chegue a Portugal só e apenas com smartphones na sua loja oficial.

Editores 4gnews recomendam:

Via

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.