Xiaomi pode lançar nova versão de um dos seus smartphones mais adorados

Bruno Coelho
Comentar

Lançar novas versões de um smartphone de sucesso não é nada propriamente novo para a Xiaomi. Este ano, por exemplo, a fabricante chinesa lançou o Redmi Note 8 2021. Esta é uma versão atualizada do gama-média de sucesso lançado primeiramente em 2019.

Segundo os últimos rumores, a Xiaomi pode não se ficar por aqui. Isto porque, segundo a página XIAOMIUI, pode estar a caminho uma versão renovada do Mi 6, o adorado topo de gama lançado pela marca em 2017.

A referida página socorre-se de quatro momentos fomentar a sua tese. Em primeiro lugar, Lei Jun falou a 19 de junho dos 2,15 milhões de utilizadores ativos do equipamento. Na mesma publicação questionou os utilizadores sobre quais os “pontos favoritos” do Xiaomi Mi 6.

Xiaomi may be making the 2021 version of the Mi 6!Some things are compatible with each other like puzzle pieces. That's why we think it's going to happen.The same was true of the recently released Redmi Note 8 (2021) [biloba] > https://t.co/sJ6C7Bj4w1 pic.twitter.com/B4pO9i0qCK

— Xiaomiui | Xiaomi & MIUI News (@xiaomiui) 25 de junho de 2021

Esta quinta-feira, o CEO da Xiaomi voltou a referenciar o equipamento na rede social Weibo, e um novo smartphone com o nome de código “mercury” foi encontrado na base de dados da Xiaomi. O equipamento em questão tem câmara principal de 12MP, e a Xiaomi chegou a lançar o Mi 6 na cor mercúrio em 2017.

A confirmar-se, poderemos em breve ver lançado um Xiaomi Mi 6 2021 com um painel de 5,2” polegadas, margens “pouco 2021” e construção traseira em cerâmica. A acontecer, a principal mudança deve ser a inclusão de um processador de topo mais recente.

Deves ter em conta que esta informação se trata de um rumor, e deve ser olhada com uma "pitada de sal".

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Come especificações ao pequeno-almoço.