Xiaomi POCO M4 5G é oficial: smartphone barato que tens de conhecer

Bruno Coelho
Comentar

A submarca da Xiaomi, POCO, acaba de apresentar um novo smartphone. Chama-se POCO M4 5G, e trata-se uma versão mais modesta do POCO M4 Pro 5G lançado em novembro do ano passado.

Esse modelo chegou ao mercado com o processador MediaTek Dimensity 810. O novo POCO M4 5G chega com MediaTek Dimensity 700. A juntar a isto tem duas configurações de 4/64 GB ou 6/128 GB. Os utilizadores podem ainda contar com expansão via microSD de até 512 GB.

poco m4 5g

POCO M4 5G tem taxa de atualização adaptável entre 30 e 90 Hz

O POCO M4 5G conta com um ecrã IPS LCD de 6,58 polegadas, com taxa de atualização de até 90 Hz. Esta é adaptável, e pode variar entre 30, 60 e 90 Hz, dependendo do conteúdo. O painel é protegido por Gorilla Glass 3.

No que diz respeito à fotografia, podes contar com uma câmara principal de 50 MP. Esta é acompanhada por um sensor de profundidade de 2 MP. Na parte frontal encontramos uma câmara de 8 MP numa notch em forma de gota.

O terminal é alimentado por uma bateria de 5000 mAh, com carregamento rápido de 18 W. Esta suporta ainda carregamento reverso com fios de 5 W, para carregares outros equipamentos. O carregador incluído na caixa é de 22,5 W.

poco m4 5g

O terminal chega em preto, azul e amarelo com aquilo a que a POCO chama de design Hypnotic Swirl. Destaque ainda para a presença de entrada para jack 3,5 mm, certificação IP52 e sensor de impressões digitais na lateral.

Preços e disponibilidade do POCO M4 5G

Para já o POCO M4 5G foi apenas apresentado na Índia, onde será comercializado a partir de 4 de maio. Estará disponível por 160 € (12 999 rúpias) na variante de 4/ 64 GB ou 185 € (14 999 rúpias) na variante 6/128 GB.

Ainda não existem detalhes sobre um possível lançamento lançamento global. Tendo em conta que a versão Pro é vendida na Europa, é de esperar que o POCO M4 5G também chegue ao Velho Continente nas próximas semanas.

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Come especificações ao pequeno-almoço.