Xiaomi: POCO fez asneira da grossa! Já pediram desculpa aos utilizares e prometem solução

Vitor Urbano
1 comentário

Depois de ter sido recentemente lançado no mercado, o Xiaomi POCO M2 Pro volta a estar no centro das atenções, mas pelas piores razões. Como seria de esperar, foi um smartphone que ganhou uma popularidade instantânea na Índia, acabando por desiludir os utilizadores ao apresentar inúmeras aplicações pré-instaladas que foram banidas no país.

Relembro que durante as últimas semanas a Índia lançou um verdadeiro ataque à China, proibindo a utilização de muitas aplicações extremamente populares. Obviamente, a fabricante não perdeu tempo para esclarecer esta situação, pedindo desculpa à sua comunidade e revelado que já tomaram medidas para solucionar esta situação.

An open letter to the entire POCO community. pic.twitter.com/JcvjTXh7lk

— #POCOForIndia (@IndiaPOCO) 9 de julho de 2020

POCO vai remover aplicações pré-instaladas já na próxima atualização

Através de uma carta aberta publicada no Twitter, a POCO pediu desculpa à sua comunidade depois de ter colocado algumas aplicações banidas na Índia no seu novo POCO M2 Pro. Além do pedido de desculpas, a marca fez questão de realçar que estas aplicações estão apenas presentes na primeira remessa de smartphones, produzida antes das directrizes oficiais do governo indiano.

Ainda assim, na mesma carta confirmam que já estão a implementar medidas para resolver este problema, através de uma atualização de software que deverá ser lançada muito em breve.

Como o smartphone vai apenas ficar disponível para compra pela primeira vez no dia 14 de julho, o alerta foi dado pelos vários tech reviewers que receberam unidades para análise. Assim sendo, na altura em que os utilizadores começarem a receber as primeiras unidades do Xiaomi POCO M2 Pro, já estará disponível a atualização que vai remover todas as aplicações banidas do smartphone.

Xiaomi POCO M2 Pro

Especificações do Xiaomi POCO M2 Pro

  • Ecrã LCD de 6,67" polegadas com resolução Full HD+ e punch hole ao centro
  • Processador Qualcomm Snapdragon 720G
  • Até 6GB de RAM
  • Até 128GB de memória interna
  • Quatro câmaras traseiras: 48MP + 8MP (ultrawide) + 5MP (macro) + 2MP (profundidade)
  • Câmara frontal de 16MP
  • Leitor de impressão digital lateral
  • Bateria de 5,000mAh com suporte para carregamento rápido a 33W
  • Android 10, MIUI 11

Editores 4gnews recomendam:

Vitor Urbano
Vitor Urbano
Sempre de mão-dada esteve a tecnologia, o desporto e o mundo gaming. Por isso, se não estiver a escrever sobre o que de novo há no mundo da tecnologia, o mais provável é estar a jogar uma partida de Ultimate Team no FIFA 19.