Xiaomi Lei Jun CEO Android
A fabricante chinesa tem apostado cada vez mais no departamento de pesquisa e desenvolvimento.

Esta é a 4.ª maior fabricante mundial de smartphones, sendo também a 4.ª maior fabricante na China o seu país natal. Além disso, a Xiaomi já destronou a Samsung no 2.ª maior mercado mundial de smartphones, a Índia. Aqui ao lado, em Espanha, já é a 3.ª maior fabricante, logo atrás da Huawei. Utiliza a plataforma Android da Google.

Tudo isto para ilustrar a crescente importância desta fabricante no mercado dos dispositivos móveis, não só na China como no mercado global. Todavia, já alguma vez te inquiriste sobre as prioridades desta empresa? Ou melhor, como é a sua distribuição laboral entre os seus departamentos?

Vê ainda: Timeline do Windows 10 está agora no Android e iOS

Com efeito, podemos aprender muito sobre as prioridades e empenho de uma fabricante pela distribuição da sua massa laboral pelos vários departamentos. Agora, a empresa chinesa revela isso mesmo. A percentagem de funcionários dedicados a cada um dos departamentos.

A informação chegou chega-nos através do CEO da empresa, Lei Jun que durante a 4.ª edição da World Internet Conference revelou vários detalhes cativantes. Com efeito, seria durante este certame dedicado às novas tecnologias que o chefe máximo da empresa chinesa nos daria todos estes pormenores.

A distribuição dos recursos humanos da Xiaomi

Segundo Jun, a Xiaomi conta com mais de 300 milhões de utilizadores da sua ROM oficial / interface (UI) oficial em dezembro de 2017. O CEO refere ainda que a maioria dos utilizadores é oriundo da China, algo que não nos surpreende uma vez que este é o país natal desta fabricante Android.

Mais ainda, a tendência é de crescimento, não só na China como nos mercados globais. Em seguida podemos ver a distribuição exata dos recursos humanos / capital humano / massa laboral.

Xiaomi Android
Esta é a distribuição da massa laboral da fabricante chinesa.

Cumpre ainda salientar que as informações alusivas à distribuição da massa laboral da Xiaomi foram divulgadas aquando da oferta pública inicial. Por outras palavras aquando do IPO que tornou a Xiaomi numa empresa de capital público.

Fabricante Android dedica uma boa parte do seu capital humano à R&D

Daqui podemos aferir que perto de 40% (mais concretamente 38%) da massa laboral / recursos humanos, é dedicada à pesquisa e desenvolvimento. Daqui surgem as novas tecnologias, os novos produtos e, acima de tudo, a inovação. Fruto deste departamento temos todas as grandes inovações da marca.

No total a Xiaomi tem 14,513 colaboradoresfull-time (tempo inteiro). Aqui grande parte está localizado na sede da marca e em vários pontos da China. Contam-se também os colaboradores na Índia, Taiwan, Indonésia e também em Hong Kong.

Desenvolvimento da MIUI conta com 15.7% da massa laboral

De todos estes colaboradores, 2,275 são dedicados exclusivamente ao desenvolvimento da sua ROM oficial, a MIUI. É bom vermos uma “fatia” de 15.7% dos colaboradores dedicados ao desenvolvimento e melhoria da interface própria da marca.

Já por outro lado, temos um total de 6,048 colaboradores dedicados ao departamento de Vendas e Serviços. Já o departamento de dispositivos móveis conta com a 3.ª maior “fatia” com um total de 1,292 colaboradores.

Podemos ainda referir uma crescente aposta nos departamentos de Inteligência Artificial e tecnologias de Cloud. Neste momento esse departamento conta com 700 colaboradores. Já o departamento de Smart TV‘s conta com 435 colaboradores. Por último, o departamento Mijia conta com 955 colaboradores.

Por último, fruto dos 5,515 colaboradores na área de Pesquisa e Desenvolvimento (R&D) ou Pesquisa e Inovação, nascerão novas tecnologias.

Assuntos relevantes na 4gnews:

Samsung aposta em novo tom de cor para o Samsung Galaxy S9

Microsoft Build 2018 – Vê aqui em direto quais as novidades para Windows 10 e muito mais!

Android P: Nova medida na versão aumentará a segurança e privacidade

Fonte | Via

Mais na 4GNEWS

Quando não está a escrever um artigo ou a gravar algum vídeo, o Bacelar tem por hábito saborear um bom livro, descobrir novas bandas sonoras ou simplesmente desfrutar do sol, na companhia de quem mais gosta (MM).