A Xiaomi vai vender smartphones na América do Norte pela primeira vez

David Ventura
Xiaomi, fabricante de smartphones

A Xiaomi está a procura de se expandir para novos mercados. Conquistar novos desafios e desafiar novas mentalidades a aderir ao seu estilo de vida.

Algo que sempre interessou na Xiaomi foi uma presença forte e sólida no continente Americano. Lembramos que durante a era do ex-ceo forum oficial já existente e às restantes comunidades de fãs espalhadas pelo mundo fora.

Dados estatísticos afirmam que em 2016 foram vendidos 44,2 milhões de smartphones. Números impressionantes e que justificam a aposta da empresa chinesa em se estabelecer de forma oficial no México.

Terá esta ação por parte da Xiaomi segundas intenções?

A meu ver a saída do mercado brasileiro ainda é vista por alguns uma atitude incompreensível. Uma comunidade tão igual ou maior como a mexicana, certamente sente-se injustiçada da forma como a Xiaomi fechou as suas operações no Brasil.

Outros assuntos relevantes:

Galaxy J3 (2017): O próximo smartphone económico da Samsung

Samsung Galaxy J3 (2017): Especificações do novo smartphone mostradas na geekbench

Galaxy S8 contará com mais um reforço de segurança pré-instalado