Xiaomi apresenta Oculus Go em parceria com o Facebook e Qualcomm

Rui Bacelar
Facebook Qualcomm Xiaomi Oculus
Facebook, Qualcomm e Xiaomi, três parceiras

Há muito pouco tempo atrás, durante o seu último evento, a Qualcomm subiu ao palco na CES 2018 para dar a sua conferência de imprensa. Aí, debruçou-se sobre vários temas, indústrias e dispositivos de áudio. Contudo, uma das maiores surpresas foi um anúncio em conjunto com a Oculus (empresa detida pela Facebook), pela Xiaomi e pela própria Qualcomm. O produto? Os Oculus go, mas há mais...

No palco esteve também Hugo Barra, antigo funcionário da Xiaomi que no início de 2017 trocaria a empresa chinesa pela Oculus, empresa detida pela Facebook. Esta, dedica-se à produção de óculos e periféricos para realidade virtual e realidade aumentada. Agora, inicia-se uma nova parceria entre a Qualcomm, Xiaomi e esta sub-marca da Facebook.

Vê ainda: HQ Trivia – Aplicação já tem 100 mil downloads na Google Play Store

Com o intuito de fazer chegar o Oculus Go a todos os principais mercados mundiais, a sub-marca da Facebook alia-se assim à Xiaomi. Esta última irá produzir os Oculus Go bem como uma variante que não dependerá de outros dispositivos. Gadget que se chamará Xiaomi Mi VR.

Xiaomi, Qualcomm e a Oculus da Facebook subiram juntas ao palco da CES 2018 em Las Vegas

A grande e única diferença entre ambos os produtos será essencialmente o nome. Para além disso, o seu design será o mesmo, bem como grande parte das suas funcionalidades.

Estas serão essencialmente as mesmas que podemos encontrar atualmente no dispositivo Oculus Go.

Por sua vez, os Oculus Go não são propriamente uma novidade para os entusiastas de tecnologia. A empresa Facebook já os tinha dado a conhecer em outubro de 2017 mas ainda não os começou a fazer chegar ao público, aos consumidores.

Agora, depois deste anúncio, ficamos a saber que a Xiaomi ficará encarregue de produzir este acessório. Estará também encarregue de o distribuir em praticamente todos os grandes mercados mundiais. A Oculus Go da Facebook ficará encarregue de continuar a desenvolver o produto em si e todo o seu software.

Xiaomi Mi VR e Oculus Go:

Qualcomm Facebook Xiaomi Oculus Go
As ofertas de ambas as empresas. Iguais nas suas diferenças

Já por sua vez, a Qualcomm ficará encarregue de fornecer o processador Qualcomm Snapdragon 821 para equipar tanto o Oculus Go como o Xiaomi Mi VR. Estes são os óculos capazes de funcionar independentemente de um computador ou smartphone.

O seu preço de venda ao público fica-se pelos 199$. Mais ainda, espera-se que a tecnológica chinesa também consiga otimizar este preço e respectivas margens de lucro. É sem dúvida um gadget interessante para quem quer desfrutar de conteúdos VR sem estar preso a um smartphone ou computador.

Ambas as ofertas da sub-marca da Facebook e da Xiaomi possuem um ecrã WQHD LCD. Serão, como ficamos a saber, dotados do processador Qualcomm Snapdragon 821. Desta forma podemos esperar um bom desempenho na reprodução de conteúdos multi-média e em realidade virtual.

E tu, comprarias um destes novos óculos?

Assuntos relevantes na 4gnews:

Será este o aspecto do próximo Sony Xperia XZ1 Premium?

OnePlus 5T Sandstone White já está disponível por 559€

Huawei Honor View 10 já está disponível por 499€

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Quando não está a escrever um artigo ou a gravar algum vídeo, o Bacelar tem por hábito saborear um bom livro, descobrir novas bandas sonoras ou simplesmente desfrutar do sol, na companhia de quem mais gosta (MM).