Xiaomi não será a primeira a lançar um smartphone com o Snapdragon 895

Carlos Oliveira
Comentar

Nos últimos dois anos a Xiaomi foi a primeira fabricante do mercado a lançar um smartphone com o novo processador de topo da Qualcomm. A parceira celebrada entre a chinesa e a Qualcomm trouxe grande notoriedade à tecnológica chinesa.

Porém, o destaque alcançado pela Xiaomi não se irá repetir este ano. Ao que tudo indica, a Qualcomm deverá estrear o alegado Snapdragon 895 num produto de outra marca chinesa.

Xiaomi Mi 11

Lenovo apresentará o primeiro equipamento com Snapdragon 895 ainda em 2021

O diretor-geral da Lenovo para a China afirmou recentemente na Weibo que a marca será a primeira a lançar um produto com o Snapdragon 895. Este smartphone topo de gama deverá ser apresentado ainda em 2021.

Não é a primeira vez que se fala num novo smartphone da Lenovo com um novo processador da Qualcomm. Já fora avistado um modelo da marca chinesa com um SoC com o modelo SM8450.

Ainda que não saibamos oficialmente o nome do próximo processador de topo da Qualcomm, já sabemos que esse modelo se refere ao sucessor do Snapdragon 888. Isto significa que a Lenovo já está a testar o seu próximo equipamento topo de gama.

Atualmente, são escassos os pormenores acerca do novo smartphone de topo da Lenovo, bem como do alegado Snapdragon 895. Ambos deverão ser apresentados no final do ano e até lá haverá muito tempo para detalhar estes produtos.

Será desta que a Lenovo se destaca no mercado mobile?

A presença da Lenovo no mercado de dispositivos móveis não é recente, mas nunca atingiu elevados níveis de popularidade. Aliás, esta é uma marca que passa despercebida aos consumidores menos atentos aos desígnios deste mercado.

A confirmar-se o lançamento pioneiro por parte da Lenovo, será certamente um excelente vetor de marketing para a empresa. Mesmo assim, reside a dúvida se tal fará mudar a sua popularidade neste feroz mercado.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.