Xiaomi MIX 5: acreditas neste conceito com câmara telescópica de 200x?

Rui Bacelar
Comentar

Os smartphones topo de gama têm-se distinguido dos demais telefones sobretudo pela qualidade das respetivas câmaras fotográficas e qualidade dos resultados captados. Este tem sido, com efeito, um dos maiores vetores de aposta das principais fabricantes para tornar os seus topos de gama mais desejáveis pelo grande público e, ao que tudo indica, o Xiaomi MIX 5 seguirá esse mesmo exemplo.

Após termos conhecido o Xiaomi MI MIX Fold em março de 2021 com o formato dobrável e uma objetiva com elemento líquido para abranger mais que uma distância focal, contamos agora com um novo elemento desta gama para 2022. Ao que tudo indica, poderemos ter um Xiaomi MIX 5 com grande aposta na câmara fotográfica, algo ilustrado nas imagens concetuais aqui presentes.

Conceito mostra-nos o possível smartphone Xiaomi MIX 5

smartphone Xiaomi MIX 5
Imagem concetual do smartphone Xiaomi MIX 5.

Em primeiro lugar importa frisar que estas imagens não são reais, mas sim criações digitais com base nos mais recentes rumores sobre o smartphone Xiaomi MIX 5. Em particular, sobre a sua suposta proeza no que concerne às câmaras fotográficas.

Sabemos que este departamento tem sido uma das prioridades da Xiaomi que, atualmente, encontra o seu expoente máximo no Xiaomi Mi 11 Ultra com um robusto leque de câmaras. Aliás, é um dos melhores smartphones para fotografia que podem comprar.

Ao mesmo tempo, e apesar de ser um erro comum, a qualidade fotográfica não equivale diretamente à contagem de megapíxeis ou MP's, ainda que as fabricantes explorem essa perceção. Existem, na verdade, vários outros elementos tão ou mais importantes.

Smartphone com câmara retrátil e ampliação de até 200x

smartphone Xiaomi MIX 5
Imagem concetual do smartphone Xiaomi MIX 5.

O conceito acima apresentado mostra-nos um Xiaomi MIX 5 com objetiva principal retrátil, capaz de aproximar ou afastar do objeto a fotografar. Dito isto, contamos com capacidades reforçadas de ampliação ótica, possivelmente 10 a 20 vezes de ampliação ótica.

Em simultâneo, o smartphone também poderá fazer uma ampliação total até 200x, usando aqui a ampliação digital da imagem. É neste ponto que a contagem de megapíxeis tem a sua relevância, ao permitir aproximar do objeto e manter um bom nível de detalhe.

Importa notar que para ter resultados utilizáveis com este nível de aproximação máxima será necessário um tripé, ou algum mecanismo de estabilização eficaz. Não obstante, é uma funcionalidade que consideramos provável tendo em consideração o histórico de inovação das fabricantes ao longo dos últimos anos.

Por outro lado, ao atentar na imagem idealizada da parte frontal do smartphone vislumbramos um ecrã pleno. Isto obrigará à implementação da câmara fotográfica frontal sob o ecrã, uma tecnologia existente à data de redação deste artigo, mas que carece de aperfeiçoamento.

O Xiaomi MIX 5 pode substituir o modelo Ultra

Proof, L1 and L1A registered as MIX. https://t.co/Tc8XiFEHAB

— xiaomiui | Xiaomi & MIUI News (@xiaomiui) 1 de janeiro de 2022

Segundo algumas fugas de informação e rumores a circular na Internet a Xiaomi pode adotar os modelos MIX como os novos "Ultra". Isto é, canalizar os esforços para este produto que ocupará o lugar de telefone ultra-premium no portefólio da fabricante.

Até ao momento são apenas rumores e, em 2021, tivemos não só um Xiaomi Mi 11 Ultra, como também um Xiaomi MI MIX Fold, pelo que a mesma fórmula pode ser perfeitamente repetida em 2022. Ainda de acordo com os rumores em circulação, este MIX 5 pode chegar durante o mês de março.

Por fim, aponta-se a utilização de uma câmara tripla na traseira do smartphone em questão com 50 + 48 + 48 MP. Já para a câmara frontal aponta-se também um sensor de 48 MP, mas escondido sob o ecrã AMOLED com alta taxa de atualização.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. Ocupa-se com as novidades de tecnologia na 4gnews. Email: ruifbacelar@gmail.com