Xiaomi: Misterioso smartphone da POCO está a caminho

Filipe Alves
Comentar

A Xiaomi é uma das fabricantes que lança mais smartphones para o mercado e parece que a sua submarca, POCO, ainda tem mais uma carta na manga.

Recentemente, um novo smartphone da POCO passou por certificação nas entidades oficiais. Ou seja, não demorará muito até que o novo smartphone venha a bater no mercado.

O mistério ao redor do novo smartphone da POCO

Estas entidades e certificações são passos obrigatórios antes de lançar um smartphone de forma oficial para o mercado. Assim sendo, sabemos que existe, efetivamente, um novo telemóvel na calha.

Porém, se isto não eram provas o suficientes para ti, Angus Kai Ho Ng, diretor de produto da POCO, referiu na sua conta de Twitter que a POCO ainda não tinha terminado os seus lançamentos para este ano.

Been quiet for a while....🔇It's almost near end of the year....Just want to say.POCO isn't finished with this year yet 😉🤭🤫#POCOcomingsoon pic.twitter.com/jqNvah0sOR

— Angus Kai Ho Ng (@anguskhng) 13 de outubro de 2020

Refere que ainda que estejam calados por algum tempo e que o final do ano esteja por perto, que a POCO ainda não tinha terminado o ano. Com a hashtag #POCOcomingsoon.

Qual o novo smartphone da Xiaomi POCO

A POCO desde o início que está de mãos dadas com a Xiaomi. Ou seja, apoia-se muito nos modelos já lançados pela marca. Principalmente nos dispositivos da outra submarca, Redmi.

Xiaomi Poco F2 Pro

Porém, neste momento não temos a menor ideia de qual será o dispositivo a sair para o mercado. Este ano já tivemos um dispositivo intermediário, de gama baixa e ainda um topo de gama da POCO.

Assim sendo, teremos mesmo de esperar pelas próximas informações ou rumores para termos uma ideia mais concreta. Para já sabemos que mais um smartphone virá.

Editores 4gnews recomendam:

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.