Xiaomi MiNote Pro
O Xiaomi MiNote Pro tinha sido anunciado já em Janeiro, dia 15 mas só agora foi lançado no mercado chinês. Durante estes quatro meses de interregno, a marca #chinaaopoder Xiaomi teve tempo de limar todas as arestas do seu produto e aqui estão os resultados.

Este Xiaomi MiNote Pro é uma autêntica besta em termos de especificações técnicas, temos aqui um ecrã de 5.7 polegadas com resolução QuadHD, um processador Qualcomm Snapdragon 810 SoC, 4 GB de memória RAM LPDDR4, gráfica Adreno 430, bateria de 3000mAh, entre outras.

   

Como se estas especificações não fizessem empalidecer tantos e tantos equipamentos de marcas com maior renome, a Xiaomi afirma que o seu Xiaomi MiNote Pro tem uma nova e reforçada versão do SoC 810 (v2.1) o que lhe confere, supostamente, uma ligeira vantagem em termos de performance em relação a outros equipamentos topos de gama com o mesmo Snapdragon 810.

Para solidificar estas afirmações, a Xiaomi publicou alguns resultados de benchmarks do seu Xiaomi MiNote Pro, resultados da CFBench e da AnTuTu e podemos ver que ultrapassa pesos pesados como o HTC One M9 e o LG G Flex 2. Relativamente aos problemas de aquecimento do Snapdragon 810, pelos vistos a Xiaomi descobriu uma maneira de contornar esse problema naquilo a que a própria apelida de gestão inteligente do calor.

Xiaomi MiNote Pro é um dispositivo incrivelmente poderoso e equipado com as mais recentes armas do mercado tecnológico, seria excelente vermos este equipamento atingir os mercados português e brasileiro para tentar quebrar um pouco a dependência do público nas marcas mais “afamadas” que utilizam esse status para inflacionar os preços ano após ano.

Aparentemente sem possibilidade de escolha, o consumidor está comum está cada vez mais dominado pelo marketing e pela omnipresença das grandes titãs, no entanto existem opções de peso e valor como este Xiaomi MiNote Pro que merecem ser tidas em conta.

O que achas deste Xiaomi MiNote Pro e do seu poderio tecnológico?

Talvez querias ver:

Quando não está a escrever um artigo ou a gravar algum vídeo, o Bacelar tem por hábito saborear um bom livro, descobrir novas bandas sonoras ou simplesmente desfrutar do sol, na companhia de quem mais gosta (MM).