Xiaomi Mi Watch foi apresentado oficialmente com preço impressionante!

Vitor Urbano
Comentar

Hoje foi um grande dia para a Xiaomi, que durante um evento na China apresentou os seus mais recentes produtos. Depois de apresentar a nova televisão Mi TV 5 Pro e o smartphone Mi CC9 Pro, a marca apresentou o seu primeiro smartwatch com WearOS, o Xiaomi Mi Watch, com um impressionante preço a rondar os €166.

A marca já domina o mercado das smartbands com os vários modelos da Mi Band há vários anos. Agora, com o Mi Watch pretendem fazer frente ao popular Apple Watch. Curiosamente, o Xiaomi Mi Watch chega com um design extremamente semelhante ao relógio da Apple. De facto, é tão semelhante que muitos poderão mesmo considerar um "clone".

Xiaomi Mi Watch Design

Xiaomi Mi Watch poderá ser a melhor alternativa ao Apple Watch

As semelhanças no design não têm de ser vistas como um elemento negativo, pois o Apple Watch é provavelmente o smartwatch mais bonito da atualidade. No entanto, certamente que a Xiaomi poderia ter investido um pouco mais nesta área, encontrando formas de tornar a sua oferta única.

No que respeita às suas especificações, temos um ecrã AMOLED de 1,78" polegadas com uma densidade de 326PPI (pixels por polegada). A proteger o painel está uma camada de vidro safira, que deverá garantir a resistência a riscos sem qualquer problema. Em termos de construção, o corpo do relógio e coroa são feitos de alumínio e tem uma traseira em cerâmica.

Na extremidade direita do smartwatch vais encontrar a coroa (posicionada exatamente no mesmo local do Apple Watch), um botão multi-funções e um microfone. À esquerda, está um segundo microfone e uma abertura que permite a circulação de ar.

Especificações do Xiaomi Mi Watch

  • Ecrã AMOLED de 1,78" polegadas
  • Processador Qualcomm Snapdragon 3100 4G
  • Bateria de 570mAh (até 2 dias de autonomia)
  • NFC, para pagamentos sem fios
  • Bluetooth 4.2
  • Wi-Fi
  • GPS
  • eSIM
  • WearOS, com a interface "MIUI for Watch"

Apesar de apresentar a maior bateria alguma vez vista num smartwatch, o Xiaomi Mi Watch promete apenas um total de 48 horas numa única carga. Ainda que seja uma autonomia aceitável, seria de esperar um pouco mais de uma bateria desta capacidade.

Xiaomi Mi Watch bateria

A presença de GPS e suporte para eSIM vai garantir uma excelente independência do smartphone. Graças a estes dois detalhes, vais poder realizar exercícios sem teres de ter o smartphone contigo para monitorizar os percurso feito. Além disso, a ligação às redes móveis vai permitir a realização e receção de chamadas de voz de forma independente.

Xiaomi Mi Watch eSIM

No que respeita às suas funcionalidades, além das básicas presentes em qualquer smartwatch, o Mi Watch oferece ainda monitorização de batimento cardíaco, volume de oxigénio no sangue (VO2), monitorização de sono e energia corporal.

Preço e disponibilidade

Assim como aconteceu com o Mi CC9 Pro, também foram apenas reveladas informações referentes ao mercado chinês para o Xiaomi Mi Watch. Espera-se que a sua apresentação global aconteça também amanhã, onde serão apresentados os seus preços e datas de chegada para os vários mercados na Europa.

Ainda assim, os preços revelados na China, deixam-nos uma boa ideia do que esperar para a Europa. Tudo indica que o Mi Watch irá chegar com um preço extremamente agressivo, que vai garantidamente "assustar" a concorrência.

Xiaomi Mi Watch China

Estando disponível na China a partir do dia 11 de novembro, o primeiro smartwatch com WearOS da Xiaomi irá custar sensivelmente €166.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
Vitor Urbano
Vitor Urbano
Sempre de mão-dada esteve a tecnologia, o desporto e o mundo gaming. Por isso, se não estiver a escrever sobre o que de novo há no mundo da tecnologia, o mais provável é estar a jogar uma partida de Ultimate Team no FIFA 19.