Xiaomi Mi Note 3 pode ser apresentado com Qualcomm Snapdragon 660

Carlos Oliveira
Xiaomi Mi Note 3 Qualcomm Snapdragon 660
O Xiaomi Mi Note 3 poderá contar com um processador diferente

A linha Mi Note da Xiaomi sempre foi uma das linhas topo de gama da marca, a par com a linha Mi. No entanto, com a chegada do novo Xiaomi Mi Note 3 as coisas poderão mudar um pouco de figura com a inclusão de um Qualcomm Snapdragon 660 no seu interior.

Esta empresa chinesa é uma das que mais smartphones apresenta em todo o mundo. A panóplia de ofertas da Xiaomi é tão alargada que chegamos a um ponto em que começa a ser difícil memorizar todos os smartphones que a mesma lança para o mercado.

Vê ainda: Samsung Galaxy J7+ é oficial! A câmara dupla chega aos gama de entrada

No que respeita aos seus topos de gama, costumam ser duas as linhas de equipamentos que se enquadram neste cenário. Com efeito, é habitual vermos ser oficializado um novo equipamento da linha Mi na primavera e um novo Mi Note no outono.

Mas com a chegada de rompante do novo Xiaomi Mi Mix, as coisas poderão ter mudado. Existe agora a possibilidade de a segunda linha de equipamentos topos de gama da marca transitar para esta nova gama.

Tudo isto porque, segundo o leakster chinês mmddj_china, a Xiaomi irá mudar de processador para o futuro Xiaomi Mi Note 3. Esta fonte adianta agora que o próximo membro da família Mi Note contará com um processador Qualcomm Snapdragon 660.

Xiaomi Mi Note 3 com um Qualcomm Snapdragon 660 é uma possibilidade

O Snapdragon 660 é um SoC de gama média alta, inferior aos habituais processadores de da gama 800 incluídos nesta família de smartphones. Apresentado em mais deste ano, este Snapdragon 660 possui oito núcleos de processamento Kyro 260, capaz de correr a uma frequência máxima de 2.2GHz.

Importa frisar que este é um processador muito capaz e um dos mais recentes apresentados pela marca americana Qualcomm. Ainda assim, trata-se de uma gama de processadores diferentes dos Snapdragon 800 que, obviamente, ficarão um pouco atrás em termos de benchmarks.

Embora este seja apenas um mero rumor, pode ser um indicador de uma mudança de paradigmas na Xiaomi. Fala-se que o novo Xiaomi Mi Mix 2 possa ser apresentado com um Snapdragon 836, cumprindo assim a teoria de que esta seja agora a segunda linha topo de gama da empresa.

Ainda não sabemos quando será apresentado o novo Xiaomi Mi Note 3, portanto, deves deitar uma pitada de sal nestas informações. A confirmar-se esta informação, estão a Xiaomi deverá fazer uma manobra semelhante à da Motorola, ao colocar uma sua antiga linha topo de gama no seio dos gama média alta.

Outros assuntos relevantes:

Kirin 970: Huawei oficializa o seu novo processador para o Huawei Mate 10

Mais rumores indicam que o próximo Apple iPhone se chamará iPhone X

Estas seriam as especificações do Surface Mini da Microsoft

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.