mi-note-2

A construtora chinesa Xiaomi está a trabalhar num novo equipamento, de seu nome Xiaomi Mi Note 2 o próximo phablet desta marca será um rival declarado do Samsung Galaxy Note 7, pelo menos a nível de especificações, características técnicas e claro, um preço extremamente competitivo e que não deverá ultrapassar a fasquia dos 400€. É seguro afirmar que o terminal da Xiaomi nunca usufruirá de metade da popularidade do phablet da Samsung mas nem por isso deixará de merecer a nossa atenção, bem pelo contrário.

Esta já não é a primeira vez que ouvimos falar do Xiaomi Mi Note 2, já vimos algumas representações digitais (renders) do equipamento e hoje temos uma lista, um gráfico com várias das especificações desta versão mais barata do Galaxy Note 7. Isto é, caso a fuga de informação se baseie em informações verídicas.

   

Vê também: O que está no interior do novo Samsung Galaxy Note 7 ?

Xiaomi Mi Note 2 terá especificações superiores à do seu rival sul-coreano, pelo menos segundo os rumores. Com efeito, os rumores e fugas de informação (incluindo a mais recente), indicam que o phablet terá um processador Snapdragon 821, a versão actualizada e ainda mais potente do Snapdragon 820 que equipa o Galaxy Note 7, entre outros. Ademais, este Xiaomi Mi Note 2 deverá incorporar 6GB de memória RAM, face aos 4GB presentes no Galaxy Note 7. Mais ainda, a memória interna do equipamento chinês deverá totalizar uns generosos 128GB (provavelmente sem expansão via microSD).

Sem esquecer o ecrã, supostamente com 5.7 polegadas, laterais curvas (edges), com uma resolução Quad-HD (2K). Poderemos ter também uma versão mais barata com resolução 1080p Full-HD. Esta tela poderá ainda vir equipada com a tecnologia Force Touch, apesar de pessoalmente não acreditar muito neste rumor. Já relativamente à autonomia, o Xiaomi Mi Note 2 virá equipado com uma bateria de 4000mAh (face aos 3500mAh do Galaxy Note 7).

Por último, relativamente aos preços, de acordo com o site Phoneandroid, o Xiaomi Mi Note 2 estará disponível em duas versões. A mais cara, com ecrã Quad-HD e 128GB de armazenamento interno deverá custar 420 dólares, o equivalente a cerca de 399€, ao passo que a versão mais barata, com 64GB de memória interna, ecrã Full-HD e provavelmente sem "edges" deverá rondar os 375 dólares, pouco mais de 350€.

Termino com uma nota pessoal. Sabemos que a Xiaomi deseja entrar no mercado norte-americano, algo que se tornou bem evidente após a má experiência no mercado brasileiro e este Xiaomi Mi Note 2 pode ser o equipamento perfeito para se lançarem no mais competitivo e brutal mercado do mundo. As suas especificações são, ou melhor, aparentam ser superiores à do seu rival sul-coreano, esperemos que se confirmem com a sua apresentação oficial, bem como os seus preços extremamente competitivos.

Talvez queiras ver: