Xiaomi-Mi-5-6

Foi já referido no passado que um novo flagship da Xiaomi poderia ver a luz do dia já no próximo mês de julho. O equipamento aqui em questão acredita-se ser o novo Xiaomi Mi Note 2, que até agora via as suas especificações ainda guardadas no segredo dos deuses.

   

Vê também: Novo equipamento de gama média da Xiaomi vem a caminho

Mas como todos sabemos, hoje em dia é muito difícil guardar todos os pormenores relativos a qualquer smartphone até ao dia do seu lançamento. Com efeito, temos agora um bom leque de previsões referentes ao futuro Xiaomi Mi Note 2 que nos dão uma ideia alargada da parte técnica deste equipamento.

Antes de mais, fala-se que este Xiaomi Mi Note 2 possa vir a ser apresentado em três diferentes versões, algo bem plausível visto que muitas marcas têm optado ultimamente por este tipo de estratégia. As características que aparentam vir a serem comuns a todas estas versões são o processador Snapdragon 820 ou Snapdragon 821, um ecrã de 5.7 polegadas, uma bateria de 4000mAh, NFC, sensor de impressões digitais ultrassonico da Qualcomm debaixo do ecrã do equipamento e ainda tecnologia Quick Charge 3.0, que permitirá carregar o Mi Note 2 até quatro vezes mais rápido do que qualquer outro equipamento da Xiaomi atualmente no mercado.

Xiaomi MiNote

Onde as coisas começam a ficar um pouco mais interessantes é nas diferenças que se seguem. Assim sendo, teremos uma versão com 4GB de RAM e 32GB de memória interna, bem como outra com 6GB de RAM e 64GB de memória interna, sendo que em ambos os casos a resolução do seu ecrã será Full HD. A tão aguardada versão Edge irá então possuir um ecrã com resolução Quad-HD, bem como uns generosos 6GB de RAM e 128GB de memória interna.

Dando ainda um olhar mais atento para o departamento fotográfico deste Xiaomi Mi Note 2, teremos então, quer na versão Edge, como na com ecrã normal de 6GB/64GB, um módulo dual-camera na sua traseira com um sensor de 12MP. Já a versão mais básica do equipamento, com 4GB/32GB, possuirá um único sensor na sua traseira de 16MP.

Não irei dar por terminada esta história sem antes falar dos eventuais preços a que este equipamento baterá nas lojas, sendo que os mesmos variarão, obviamente, consoante a versão escolhida. Com efeito, a versão 4GB/32GB rondará os 376€, a versão 6GB/64GB rondará os 451€ e por fim a versão Edge, com 6GB/128GB, ficará pelos 526€, fazendo dele o equipamento mais caro alguma vez lançado por esta empresa Chinesa.

Nunca é demais referir que todas as informações aqui avançadas não passam de simples rumores, portanto não estranhes se daqui a alguns dias novas surjam e que ponham em causa o aqui dito.

Talvez queiras ver:

Viaphonearena
Fontemobipicker
O gosto por tecnologia foi algo que esteve sempre dentro de mim. Com o crescer do mercado dos smartphones, também o meu entusiasmo com os mesmos aumentou. Já nos tempos livres, as séries são o meu principal mata-tempo.