Xiaomi Mi Mix 4 poderá chegar com carregamento sem fios reverso

Carlos Oliveira
Comentar

A última beta da versão chinesa da MIUI poderá ter-nos revelado uma das novidades do Xiaomi Mi MIx 4. Descoberto pelo XDA Developers, este software faz referência ao carregamento sem fios reverso.

Esta é a mesma funcionalidade introduzida, pela primeira vez, no Huawei Mate 20 e que também já vigora nos Galaxy S10. Trata-se da possibilidade de recarregares outro equipamento com o restante da bateria do teu smartphone.

Samsung powershare
Exemplo do carregamento sem fios reverso no Galaxy S10

O código descoberto na beta MIUI não se refere a nenhum equipamento em particular. No entanto, com a aproximação da apresentação do Xiaomi Mi MIx 4, este é o modelo melhor posicionado para receber esta novidade.

Carregamento sem fios reverso da Xiaomi irá desativar-se após 90 segundos

Um dos poucos pormenores adiantados é que esta funcionalidade irá desativar-se automaticamente passados 90 segundos, caso não haja atividade. Significa que se, durante esse período, não colocares nenhum equipamento a carregar, o carreamento sem fios reverso irá desligar-se automaticamente.

Esta medida tem como intuito uma maior conservação da bateria do teu smartphone. Assim, ela irá impedir que energia seja gasta sem necessidade.

Mas será que precisamos mesmo do carregamento sem fios reverso?

Esta é a interrogação que perdura desde o lançamento do Huawei Mate 20, em finais do ano passado. Até que ponto será vantajoso despender energia do nosso smartphone para carregar outro equipamento como, por exemplo, um smartwatch.

Além disso, esta tecnologia sempre apresentou velocidades de carregamento muito aquém das conseguidas com métodos mais convencionais. Seja através de um cabo ou mesmo pelo normal carregamento sem fios.

Tanto as propostas da Huawei como da Samsung apresentam uma clara desvantagem face aos processos tradicionais nos tempos de carregamento. Por isso, esta funcionalidade pode ser vista como algo gimmick ou para casos de emergência.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.