Xiaomi Mi Mix 4 e Xiaomi Mi Alpha? Será que teremos 2 novos topo de gama?

Filipe Alves
Comentar

Os rumores referiam que o Xiaomi Mi Alpha iria ser o Mi Mix 4. Contudo, novas informações podem-nos dar indicações de uma outra possibilidade.

O teaser da Xiaomi revelou um Xiaomi Mi Alpha com um ecrã totalmente curvo no canto. Isto indica-nos que se o terminal for o sucessor da gama Mix, esta promete ser bem diferente do esperado.

Teaser do Xiaomi Mi Alpha
Teaser do Xiaomi Mi Alpha

Xiaomi Mi Mix 4 já foi referido no passado por executivos da marca

Contudo, o CEO da Xiaomi já disse várias vezes que o Xiaomi Mi Mix 4 "valeria a pena esperar". Ou seja, o nome do terminal já saltou à baila. Se o Mi Mix 4 não existisse, a probabilidade de falar do Mi Alpha era bem maior.

xiaomi Mi Mix 4

Até porque os executivos da Xiaomi não gostam muito de guardar segredos e já é habitual vermos informações dos smartphones da marca antes deles serem revelados de forma oficial.

Qual será a solução do Xiaomi Mi Alpha

Olhando as coisas por esta perspetiva temos uma teoria. O Xiaomi Mi Mix 4 será um sucessor da gama Mix. Ou seja, ecrã sem margens e uma câmara pop-up. Já o Mi Alpha será o primeiro smartphone dobrável da Xiaomi.

Será que a Xiaomi conseguiu fazer um smartphone dobrável com preço aceitável?

Um dos problemas dos smartphones dobráveis são o seu preço. O da Samsung chegou por 1800€ e o da Huawei por 2000€. Isto significa que esta evolução tem um preço. Um preço bem alto.

A Xiaomi não é de lançar valores muito altos para os seus equipamentos. Assim sendo, tal como muitos fãs, estou também à espera de um smartphone dobrável da Xiaomi com um preço bem mais amigável que os dois que já foram revelados.

Ainda assim, tudo isto não passam de prognósticos. Para já teremos de esperar para ver. Contudo, tenho de admitir que estou seriamente entusiasmado.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.