Xiaomi Mi Mix 3: Primeiras fotografias deixam 'água na boca'

Vitor Urbano
Xiaomi Mi MIX 3 Android Pie
Já foram publicadas as primeiras fotos capturadas pelo Xiaomi Mi Mix 3

Depois de não ter sido apresentado quando todos esperavam, ficou-se a saber oficialmente que o novo topo de gama da fabricante chinesa - Xiaomi Mi Mix 3 - vai ser apresentado no dia 25 de outubro.

Graças à grande quantidade de rumores e fugas de informação, o Mi Mix 3 rapidamente se tornou num dos smartphones mais antecipados de 2018 por diversas razões. Agora, surgiram as primeiras "amostras" do que as suas câmaras traseiras serão capazes.

Vê ainda: O Xiaomi Mi Mix 3 ia ser assim, mas a marca decidiu mudar o jogo

Uma vez mais, estas imagens foram publicadas pelo fundador da marca, Lin Bin. Certamente que gostávamos de poder ver mais do que estas duas fotografias, para conseguirmos ter uma melhor ideia das suas capacidades. Ainda assim, estas duas fotografias conseguem desde já deixar água na boca.

Claramente capturadas num ambiente com muito pouca luminosidade, a definição e detalhe capturado em ambas as fotografias é bastante surpreendente. Com estas duas fotografias, Lin Bin pretendeu claramente demonstrar o "modo retrato", onde o plano principal está em foco e o plano secundário apresenta-se totalmente desfocado.

O Xiaomi Mi Mix 3 não vai surpreender apenas pelo seu design único

Juntamente com estas duas fotografias, foi também publicado o primeiro teaser oficial do novo topo de gama Android. Neste pequeno vídeo de 15 segundos, o centro das atenções é claramente o mecanismo slide. Que será responsável por expor a câmara frontal de 24 megapixels.

Para além de destacar o seu painel slide, fica também o destaque à bastante falada tecnologia de reconhecimento facial ultra rápido. No vídeo é bastante óbvio que o smartphone não está a ser desbloqueado. Uma vez que não é apresentado o homescreen, mas fica a ideia no ar.

MiMix3Sample2.jpgMiMix3Sample1.jpg

Para além disso, durante os últimos dias tem-se falado inúmeras vezes de que irá ser lançada uma variante equipada com 10GB de memória RAM e suporte para 5G. Esta variante tem causado grande polémica, sendo que 10GB de RAM parece ser exagerado para um smartphone, pelo menos atualmente.

Assim, esquecendo as suas capacidades 5G. Parece que a fabricante decidiu pela primeira vez optar por oferecer "quantidade" na tentativa de conquistar ainda mais atenção para o seu smartphone. Enquanto a variante base é esperada a rondar os 400-500 euros. Não existe qualquer informação sobre a sua variante mais potente. Mas parece garantido que irá chegar com um preço bastante mais elevado.

Editores 4gnews recomendam:

Xiaomi Mi Mix 3: Marca confirma mais pormenores do smartphone

Xiaomi Black Shark 2 e especificações revelado em benchmark

Xiaomi Mi Mix 2S é o primeiro da marca a receber o Android Pie

Fonte | Via

Vitor Urbano
Vitor Urbano
Sempre de mão-dada esteve a tecnologia, o desporto e o mundo gaming. Por isso, se não estiver a escrever sobre o que de novo há no mundo da tecnologia, o mais provável é estar a jogar uma partida de Ultimate Team no FIFA 19.