Xiaomi confirma que o Xiaomi Mi Max 3 terá 5500 mAh de bateria

Filipe Alves

Xiaomi confirma que o Xiaomi Mi Max 3 terá 5500 mAh de bateriaO Xiaomi Mi Max 3 será apresentado de forma oficial no dia 19 de julho. O novo equipamento da empresa chinesa será um dos poucos phablets com um preço vantajoso no mercado.

Até ao momento os phablets tem-se ficado para modelos super topo de gama. Estamos a falar de modelos como o Samsung Galaxy Note ou até a linha "V" da LG.

Vê ainda: Google Play Store: TOP 15 jogos Android grátis que tens de instalar!

O Xiaomi Mi Max 3 não será um topo de gama. O smartphone é um gama-média assumido, porém, com um ecrã super gigante.

O Xiaomi Mi Max 3 contará com margens reduzidas e um ecrã 18:9. Fico feliz que a empresa chinesa não tenha adotado a ideologia de "Notch" no seu phablet.

Xiaomi Mi Max 3 terá mesmo 5500 mAh de bateria

O smartphone chegará com um ecrã com 6.9" polegadas FullHD+ e para levar o smartphone com o dia inteiro terá ainda uma bateria de 5500 mAh. A confirmação chega com um poster da marca indicando isso mesmo.

Para um smartphone de 6.9" polegadas a bateria de 5500 mAh não é gigante. Isto significa que o terminal será fino. Imagens passadas revelam que o dispositivo contará com um design idêntico ao Mi Note 5.

Há apenas duas questões que nos faltam esclarecer. Qual será o seu preço? Chegará ao mercado português?

A Xiaomi registou 6 novos smartphones nas entidades europeias. Isto pode indicar que o terminal com 6.9" polegadas poderá chegar à Europa de forma oficial.

Infelizmente até ao momento não há informações concretas sobres as questões acima. Ficaremos atentos sobre os rumores e fugas de informação até à sua revelação oficial no dia 19 de julho.

Assuntos relevantes na 4gnews:

Será que o Samsung Galaxy S9+ receberá um update na performance?

Sondagem: Onde mais gostas de ter o sensor biométrico no smartphone?

OnePlus 6. Algumas unidades estão a quebrar o vidro sem razão aparente

Fonte | Via

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.