Xiaomi Mi Band 5 devia seguir o design da Amazfit X

Filipe Alves
Comentar

Como amante da Xiaomi e, mais precisamente da Mi Band, tenho de admitir que está na hora de vermos uma mudança séria no design da Xiaomi Mi Band 5.

A próxima smartband será apenas revelada em 2020, porém, com a revelação da Amazfit X, tenho de exprimir o meu sonho de ter uma Xiaomi Mi Band 5 com este tipo de design.

Xiaomi Amazfit xm Xiaomi Mi Band 5 opinião

Xiaomi Mi Band 5 terá de mudar de design

Vamos encarar a realidade. A Mi Band é um gadget barato feito para todos. Uma pulseira inteligente que merece ser comprada simplesmente porque o preço e funcionalidades são boas.

Xiaomi Amazfit xm Xiaomi Mi Band 5 opinião

Contudo, já desde a Mi Band 2 (estamos na 4) que o design não muda seriamente. Ora temos um ecrã a cores, ora temos mais uma funcionalidade de saúde. Mas e o design? Não está na hora de termos algo mais futurista no pulso?

Nem que tenhamos uma Xiaomi Mi Band 5 Pro

Visto que este ecrã curvo OLED será seriamente mais caro que um ecrã "normal", não me importava de ter uma versão "Pro". Afinal de contas temos isso nos smartphones. Se queres o melhor, vais para o "Pro" e pagas mais. Esta pulseira tresanda a futuro. Um ecrã curvo que encaixa no pulso que nem uma luva.

Xiaomi Amazfit xm Xiaomi Mi Band 5 opinião

Ainda que a autonomia seja melhor, não me importava de trocar. Esta Amazfit X conta com uma semana de bateria. O meu Apple Watch tem de ser carregado todos os dias. 7 dias é mais do que suficiente e uma troca que estava disposto a fazer.

Ainda é cedo para ter certezas sobre a próxima smartband

Contudo, isto é apenas um sonho exposto. Sinceramente não me parece que tal vá acontecer. A Mi Band é importante demais para subirem o preço drasticamente. Por isso não me importava da tal "Pro". Ainda assim, sonhar não custa!

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.