Xiaomi Mi Band 5: com este preço, vai vender como nenhuma outra vendeu!

Filipe Alves
3 comentários

A Xiaomi Mi Band 5 chegou de forma oficial e temos tudo aquilo que se esperava. Temos um design ligeiramente diferente, um novo formato de carregamento e ainda um preço simplesmente imbatível.

Vale a pena frisar que o valor anunciado foi destinado à China. Contudo, este preço dá-nos a entender que assim que smartband chegue a Portugal, os valores não serão muito diferentes da antecessora.

Xiaomi Mi Band 5 é oficial por menos de 25€

Xiaomi Mi Band 5

A Xiaomi revelou dois modelos da pulseira. Um deles sem NFC que chega por 24€ e o outro modelo com NFC que tem o valor de 29€. Preços simplesmente inacreditáveis.

Como referi, é possível que o valor venha a subir assim que chegue a Portugal, todavia, podemos imaginar a smartband com NFC a chegar pelos 39.99€ da antecessora.

Ainda assim, temos de perceber até que ponto é que teremos o modelo com NFC. Faz todo o sentido trazer essa tecnologia para a Europa, contudo, em Portugal não são muitas as empresas em que o NFC da Xiaomi Mi Band 5 funcionaria.

Melhorias da Xiaomi Mi Band 5

  • Medição de ciclo menstrual
  • Medição de tempos de ovulação
  • SpO2, medição de nível de oxigénio no sangue
  • Integração com a Alexa
  • Recomendação de desportos a pensar na meteorologia
  • Mediação de nível de stress
  • Novo formato de carregamento
  • Novo sensor e melhoria de medições de saúde
  • NFC
  • Ecrã ligeiramente maior e melhorado
  • Todas as outras funcionalidades da Mi Band 4

Xiaomi Mi Band 5

Agora só temos de esperar que a Xiaomi Portugal se pronuncie sobre este novo gadget. Gostava de ver um preço tão apelativo como na China, mas não podemos esperar milagres. Mesmo assim, acredito plenamente que os concorrentes vão sofrer para se conseguir destacar desta Xiaomi Mi Band 5.

Editores 4gnews recomendam:

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.