Xiaomi Mi 9 SE terá direito a uma versão global em breve

Carlos Oliveira

A página global da Xiaomi sugere-nos uma disponibilização do Xiaomi Mi 9 SE no mercado mundial. Até agora um exclusivo do mercado chinês, esta listagem indica que o smartphone possa sair finalmente do seu mercado caseiro.

Ainda assim, devemos ter alguma cautela na interpretação desta informação. Muitos outros dispositivos já foram listados nesta mesma página sem que tenham alguma vez saído do seu mercado interno.

Xiaomi Mi 9 SE

Ainda assim, esta não é a primeira vez que se equaciona uma comercialização à escala mundial do novo Xiaomi Mi 9 SE. Recentemente foi avistado um exemplar deste mesmo equipamento a correr a MIUI 10 na sua versão global.

Xiaomi Mi 9 SE poderá também ser comercializado fora da China

Enquanto a Xiaomi não se pronuncia oficialmente sobre o assunto, os seus fãs esperam que esta cenário venha a confirmar-se. Principalmente depois de o seu antecessor (Mi 8 SE) não ter saído oficialmente da China.

Anunciado aquando do topo de gama Xiaomi Mi 9, esta variante caracteriza-se por um hardware um pouco mais modesto. Com efeito, temos um processador Qualcomm Snapdragon 712 no seu interior. Trata-se de uma gama de processadores com potencialidades de topos de gama, mas por preços bem mais apelativos.

Mi 9 SE

Ademais, temos um ecrã de 5.97 polegadas Full-HD+, 6GB de RAM, 128GB de memória interna e ainda sensor biométrico embutido no ecrã. No departamento fotográfico, temos uma tripla câmara traseira composta por lentes de 48MP + 13MP + 8MP. Já na parte frontal encontra-se uma lente de 20MP.

Todo este leque deverá chegar às lojas por um valor entre os 299$ e os 344$. Ou seja, valores bastante apelativos para o conjunto de especificações que este Xiaomi Mi 9 SE tem para nos oferecer.

Ainda assim, quero frisar que estes foram os valores anunciados para a China. Nesse sentido, poderá suceder que estes venham a sofrer algumas alterações quando chegarem a outros mercados.

Editores 4gnews recomendam:

Fonte | Via

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.