Xiaomi Mi 12 e Mi MIX 5 vão usar esta caraterística dos novos Xiaomi 11T Pro

Rui Bacelar
Comentar

Setembro trouxe-nos a nova gama Apple iPhone 13 e Xiaomi 11T na última terça (14) e quarta-feira (15), respetivamente. Isto significa que, para a segunda maior fabricante mundial de smartphones Android, as atenções repousam já nos próximos Xiaomi Mi 12.

A par dos Mi 12 a tecnológica chinesa estará também a trabalhar nos Mi MIX 5, aprimorando não só a câmara fotográfica embutida no ecrã AMOLED, mas também outros aspetos do telefone. Entre estes, destacamos agora a velocidade e potência de carregamento.

Os Xiaomi Mi 12 e Mi MIX 5 devem trazer carregamento a 120 W

Xiaomi 11T
A tecnologia Xiaomi HyperCharge entrega uma potência de 120 W.

A próxima geração de smartphones topo de gama da fabricante liderada por Lei Jun pode chegar no fim de novembro com o flagship Xiaomi Mi 12, ou em finais de dezembro, tal como em 2020. De antemão, sabemos que utilizará o próximo processador topo de gama da Qualcomm, a saber, o Snapdragon 8989 ainda não apresentado pela tecnológica norte-americana.

Hoje (17), o famoso leaker Digital Chat Station trouxe-nos mais detalhes sobre os Xiaomi Mi 12. Através do seu perfil na rede social chinesa Weibo ficamos a saber que também este flagship terá carregamento a 120 W. Ademais, o mesmo se deve aplicar ao phablet Xiaomi Mi MIX 5.

Segundo esta fonte a Xiaomi continua a testar e otimizar esta tecnologia, testando o seu impacto a longo prazo. Não obstante, a sua presença na próxima geração de smartphones era provável. Agora, torna-se uma quase certeza para os Mi 12 e MIX 5.

Tempo de carga do Xiaomi Mi 12 pode estabelecer novo recorde

Xiaomi Mi 12 120W
Publicação do leaker Digital Chat Station no seu perfil de Weibo.

Além deste poderoso padrão de carga, o Mi 12 deve surpreender com as novas soluções de câmara fotográfica. Este é o entendimento do leaker, a fonte em questão, que lhe aponta várias melhorias para a captação de imagem e vídeo.

Ao que tudo indica, o smartphone usará um sensor de 50 MP para a câmara ultra-grande angular de nova geração. Por outro lado, a câmara principal deve empregar o próximo sensor de 200 MP a ser fabricado e otimizado pela sul-coreana Samsung.

Recordamos que atualmente no mercado só existe um sensor de imagem para dispositivos móveis com 200 MP de resolução. Mais concretamente, trata-se do ISOCELL HP1 que opera um pixel binning de 16 em 1. Isto é, agrega a informação de 16 píxeis adjacentes num só.

Em síntese, contamos assim com o carregamento a 120 W e novas câmaras para o Mi 12. Já para o Mi MIX 5, além da referência do carregamento a 120 W não temos ainda informações concretas sobre o dispositivo.

O Xiaomi 11T Pro destaca-se pelo carregamento a 120 W

Xiaomi 11T Pro
Os novos smartphones Xiaomi 11T Pro chegaram a 15 de setembro.

Os novos smartphones destacam-se sobretudo pela tecnologia Xiaomi HyperCharge. Este padrão consegue carregar totalmente uma bateria com 5 000 mAh de carga em apenas 17 minutos (0-100%). Para um smartphone de gama média / alta é um trunfo inegável, muito raro ainda nos demais smartphones disponíveis no mercado.

Segundo a Xiaomi, esta potência e velocidade de carga é conseguida através de um desdobramento da bateria. Isto é, temos duas "bombas" a carregar a bateria em simultâneo, sendo a sua estrutura dividida. De igual modo, estas baterias de iões de lítio usam também o grafeno para agilizar a carga e garantir a integridade das mesmas.

Aliás, para tranquilizar os utilizadores, a Xiaomi apresenta orgulhosamente a certificação TÜV Rheinland Safe Fast-Charge System Certification nos novos Xiaomi 11T. Ademais, apontam 34 verificações e mecanismos de segurança para o carregamento e a bateria, além de uma degradação mínima da sua capacidade de garca. Mais concretamente, 20% em 800 ciclos de carga (~2 anos).

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.