Xiaomi Mi 10T Lite: smartphone barato tem características reveladas

Bruno Coelho
2 comentários

Esta quarta-feira, 30 de setembro, a Xiaomi tem agendado um evento global onde vai apresentar ao mundo a linha de smartphones Mi 10T. Estes são os sucessores de uma linha de sucesso iniciada em 2019, e desta vez até terá direito a uma variante ‘Lite’.

Segundo o reputado leaker Sudhashu Ambhore, o equipamento vai chegar ao mercado com o novo processador Snapdragon 750G. E isto dar-lhe-á o suporte para 5G por um preço que vai ficar abaixo dos 300€.

O equipamento vai chegar ao mercado em duas configurações possíveis. Os utilizadores poderão escolher entre 6GB de RAM e 64GB ou 128GB de armazenamento interno. Terá um motor de vibração de grande qualidade e refrigeração líquida.

Esta mesma fonte refere que o equipamento será lançado em dourado, cinzento e azul. E podes esperar três câmaras traseiras, uma bateria generosa de 4720mAh e ainda NFC.

Recorde-se que desde o início a Xiaomi avançou que esta linha iria ter um preço a começar entre os 200 os 299€. Tendo em conta que o Mi 10T e o Mi 10T Pro terão um preço de topo de gama, esse valor atrativo estará reservado para o Mi 10T Lite.

Deves ter em conta que ultimamente a Xiaomi habituou-nos a um preço de pré-venda mais baixo do que o preço a que posteriormente comercializa o equipamento. Isto significa que o Mi 10T Lite pode chegar por um valor até 299€ na pré-venda, tendo posteriormente um preço superior. Esta quarta-feira ficaremos a saber qual será a estratégia.

Antes de ires, vê os melhores gadgets da marca, com produtos para várias necessidades.

Editores 4gnews recomendam:

  • Xiaomi Mi 10T e Mi 10T Pro: eis todas as especificações e design dos novos smartphones
  • Xiaomi vai abrir a 6ª loja física em Portugal. Mas os fãs não vão gostar!
  • Xiaomi prepara novos auriculares Bluetooth premium com preço imbatível
Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Come especificações ao pequeno-almoço.