"Xiaomi Mi 10 Ultra vai abalar o mundo"! A tecnologia que todos querem estará a chegar?

Filipe Alves
Comentar

As palavras são do conhecido leaker @IceUniverse e referiu na sua conta Twitter "Xiaomi Mi 10 Ultra vai abalar o mundo". Visto que esta é uma pessoa com um vasto conhecimento dos aparelhos antes de serem lançados, será que teremos algo totalmente novo neste novo telemóvel?

As especulações aumentam à medida que o dia de apresentação se aproxima e depois de termos uma imagem da parte traseira do smartphone, só nos falta ver o ecrã deste equipamento. Pode ser aqui que o Xiaomi Mi 10 Ultra guarda o segredo.

Será que o Xiaomi Mi 10 Ultra terá câmara frontal embutida no ecrã?

It will likely be the first phone with an under panel camera. But volume will be (shockingly) small...:) Mostly a demo product from what I hear.

— Ross Young (@DSCCRoss) 7 de agosto de 2020

Logo depois da afirmação do conhecido leaker, uma outra pessoa com informações sérias no segmento mobile, Ross Young, referiu que este poderá vir a ser o primeiro smartphone com uma câmara dentro do ecrã.

Ainda assim, Ross refere que este não é propriamente um smartphone para vender muitas unidades. Segundo as suas informações, é um telemóvel para criar impacto e pouco mais.

Porém, vale a pena referir ainda que Ross já teve algumas vezes errado nas suas teorias e, ao que parece, a teoria não é baseada em informações concretas do dispositivo.

O que esperar do Xiaomi Mi 10 Ultra

Xiaomi Mi 10 Ultra

  • Zoom de 120x na câmara principal
  • Carregamento rápido de 100W
  • Construção em cerâmica (alguns modelos)
  • 16GB de memória RAM na versão mais poderosa
  • Câmara frontal embutida no ecrã

Se tudo isto acima se concretizar, este será um telemóvel que assustará muita concorrência. Principalmente se chegar a um preço (minimamente) aceitável para um topo de gama e se, ao contrário do que falou o Ross, chegar a todos os mercados.

Editores 4gnews recomendam:

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.