Xiaomi Mi 10 Ultra: ainda há esperança que chegue à Europa depois desta informação

Filipe Alves
Comentar

O Xiaomi Mi 10 Ultra chegou de forma oficial e os amantes de tecnologia deitaram foguetes de alegria. Um smartphone topo de gama com características fantásticas e um preço apelativo.

Porém, a felicidade durou pouco. Isto porque a Xiaomi admitiu que o telemóvel seria destinado apenas ao mercado asiático. Porém, com a Xiaomi as coisas não são bem assim. Afinal de contas, esta é a marca que nos dá mais de 20 smartphones num ano onde existe uma pandemia mundial.

Xiaomi Mi 10 Ultra ainda pode chegar na versão global

Xiaomi Mi 10 Ultra

Daniel D, Diretor de marketing de produto da Xiaomi, referiu na sua conta de Twitter que o telemóvel está, efetivamente, planeado apenas para a China. Porém, também referiu que a todos que esperam ver o Xiaomi Mi 10 Ultra no mercado global deviam ficar atentos às novidades.

Lots of questions coming in about yesterday's @xiaomi launch, #1 being whether we'll be launching these incredible products across our global markets. For the moment, we don't have plans for official global channels, but stay tuned for future news! pic.twitter.com/mMtdanB7zf

— Daniel D (@Daniel_in_HD) 12 de agosto de 2020

Já não é a primeira vez que vemos a Xiaomi a lançar um modelo exclusivo na China e mais tarde termos esse smartphones no mercado global. Nem que seja com um nome diferente. dessa forma, ainda há uma possibilidade dele chegar. Esperemos apenas que venha também com preço a rondar os 650€.

Especificações do Xiaomi Mi 10 Ultra

  • Ecrã Super AMOLED curvo de 6.67 polegadas com resolução Full-HD+
  • Taxa de atualização de 120Hz
  • Sensor de impressões digitais no ecrã
  • Processador Qualcomm Snapdragon 865
  • 8GB / 12GB / 16GB de memória RAM LPDDR5
  • 128GB / 256GB / 512GB de memória interna UFS 3.1
  • Câmara principal: 48MP principal + 48MP periscópio com zoom de até 120X + 20MP grande angular + 12MP telefoto
  • Câmara frontal de 20MP
  • Bateria de grafeno de 4500mAh
  • Carregamento rápido de 120W
  • Carregamento rápido sem fios de 50W
  • Carregamento sem fios reverso de 10W

Estas especificações falam por ele. O smartphone tem tudo aquilo que podes desejar num telemóvel de 650€. Esperemos apenas que a Xiaomi trabalhe numa ROM global para o dispositivo. Caso tal aconteça podemos sempre comprar o smartphone num website oriundo da China, porém, já com o software preparado para o nosso mercado.

Editores 4gnews recomendam:

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.