Xiaomi mantém liderança no segundo maior mercado do mundo

Bruno Coelho
Comentar

A Xiaomi continua a demonstrar um sucesso que vai muito além da China. Como se sabe, a fabricante é já a segundo maior a nível global, e mantém-se na liderança do segundo maior mercado mobile do mundo: a Índia.

Os analistas da Canalys revelaram esta quinta-feira os números para o terceiro trimestre do mercado mobile da Índia. No espaço de um ano, os envios caíram 5%, mas a Xiaomi mantém uma liderança sustentada.

Xiaomi conta com 24% de quota de mercado mobile na Índia

A fabricante chinesa aparece neste quadro com 11,2 milhões de envios durante o terceiro trimestre de 2021, que lhe confere 24% de quota de mercado. Regista uma queda de 14% face ao período homólogo, onde tinha 13,1 milhões de envios e 26% de quota de mercado.

Marcas de smartphones mais vendidas na Índia no terceiro trimestre de 2021. Crédito: Canalys
Marcas de smartphones mais vendidas na Índia no terceiro trimestre de 2021. Crédito: Canalys

Em segundo lugar aparece a Samsung, com 9,1 milhões de envios e 19% de quota de mercado. Esta também teve uma queda ligeira de 10%, já que há um ano registava 10,2 milhões de envios e 20% de quota de mercado.

Grupo BBK contempla 46% de quota de mercado

É sem surpresas que este TOP 5 contempla mais três marcas, todas elas do grupo BBK. Na terceira posição encontramos a Vivo, ainda sem expressão no nosso país. Na Índia já tem 17% de quota de mercado e 8,1 milhões de envios no último trimestre.

Atrás vem a jovem Realme, com 16% de quota de mercado e 7,5 milhões de envios. Estes cinco primeiros lugares são encerrados pela Oppo, que tem 13% de quota de mercado, e 5,3 milhões de envios neste período. As restantes marcas dividem uma quota de mercado de 11% e 5,3 milhões de envios.

É importante notar que as estimativas dos números da Xiaomi incluem a submarca POCO. Assim como os números da Oppo já incluem a OnePlus. Curioso é ver que o grupo BBK, de onde Vivo, Realme e Oppo fazem parte, consegue aqui 46% de quota de mercado.

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Come especificações ao pequeno-almoço.