Xiaomi lidera mercado dos gama-média mas quem domina é a Huawei! (AnTuTu)

Vitor Urbano
Comentar

Tal como faz para os smartphones topo de gama, a plataforma AnTuTu revelou-nos também quais são os smartphones Android mais potentes do segmento gama-média. Ao contrário do que aconteceu com a nova tabela dos topos de gama, este mês não surgiram grandes surpresas nos gama-média.

A Xiaomi continua a destacar-se na primeira posição com o Redmi 10X 5G, equipado com o processador Dimensity 820 da MediaTek. No entanto, a sua vantagem para o Huawei Nova 7 Pro é marginal, com apenas 3 mil pontos de vantagem.

Este é um segmento extremamente competitivo que, continua a ser dominado pela Huawei/Honor, contando com um total de 6 smartphones no TOP 10.

O destaque deste mês acaba por recair no Realme Q2 Pro 5G, sendo o primeiro smartphone da fabricante a surgir nos tops do AnTuTu.

Processadores da Huawei dominam o segmento gama-média nos smartphones Android

AnTuTu gama-média Android novembro

Se por um lado, a Qualcomm continua a dominar o ranking dos smartphones topo de gama, o mesmo não acontece no segmento gama-média. Neste competitivo mercado, quem domina é a Huawei com os seus processadores Kirin, seguida da MediaTek.

No entanto, considerando todos os problemas que a fabricante atravessa devido às restrições impostas pelos Estados Unidos, isso poderá mudar em breve.

Especialmente se considerarmos os grandes avanços apresentados pela MediaTek nos seus novos processadores gama-média, espera-se que possam dominar por completo o mercado já a partir de janeiro de 2021.

TOP 10 dos smartphones Android gama-média mais potentes em novembro

  • Xiaomi Redmi 10X 5G
  • Huawei nova 7 Pro
  • Xiaomi Redmi 10X Pro 5G
  • Huawei nova 7
  • Honor 30
  • Honor X10
  • Honor 30S
  • Huawei nova 7 SE
  • Xiaomi Redmi K30 5G
  • realme Q2 Pro 5G

Editores 4gnews recomendam:

Vitor Urbano
Vitor Urbano
Sempre de mão-dada esteve a tecnologia, o desporto e o mundo gaming. Por isso, se não estiver a escrever sobre o que de novo há no mundo da tecnologia, o mais provável é estar a jogar uma partida de Ultimate Team no FIFA 19.