Xiaomi é líder isolada do mercado de wearables. Apple fica para trás

Bruno Coelho
Comentar

A IDC revelou na semana que passou que a Apple é líder do segmento de 'hearables', graças ao sucesso dos Airpods. Mas segundo os analistas de mercado da Canalys, nos wearables quem manda é a Xiaomi.

Num segmento onde são contabilizados dispositivos como smartwatches ou smartbands, a Xiaomi cresceu 74.4% ao longo do último ano. No terceiro trimestre de 2019, a fabricante da Mi Band 4 chegou mesmo aos 12.2 milhões de encomendas.

Xiaomi
Quota de mercado de wearables por vendedor no terceiro trimestre de 2019. Fonte: Canalys

Isto significa que, neste período, a Xiaomi tem uma quota de mercado neste segmento de 27%. Segundo a Canalys, tal deve-se à “forte performance doméstica e expansão global agressiva”.

xiaomi mi band 4
A Mi Band 4 é uma das responsáveis por este sucesso

A verdade é que a segunda classificada, a Apple, aparece neste período com 15% de quota de mercado. Segundo os dados revelados, 60% das encomendas são mesmo do Apple Watch 5, o seu smartwatch mais recente.

Huawei bem perto da Apple

A fechar o pódio encontramos a Huawei, que com 13% já morde os calcanhares à Apple. Amealha 5.9 milhões de encomendas com 13% de quota de mercado durante este trimestre.

A fechar as contas estão a Fitbit, com 8% de quota de mercado, e a Samsung, com 6%. Alguns dados interessantes revelam que a Xiaomi alcançou um crescimento anual de 243%, muito graças às vendas na China.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
Bruno Coelho
Bruno Coelho
O Nokia 3650 foi o primeiro grande mergulho no mundo tecnológico. Se o Ultimate Team é o seu atual saco de boxe, o Macbook Pro é o melhor amigo. Escrever sobre tecnologia é o processo natural na vida de alguém que come especificações ao pequeno-almoço.