Xiaomi já domina em Espanha nos smartphones e está a arrasar concorrentes na Europa!

Filipe Alves
Comentar

A Xiaomi tem vindo a apostar na Europa. Fruto desse grande investimento é o domínio completo no país vizinho, Espanha. Além disso, temos visto um crescimento sério da Xiaomi no velho Continente.

De acordo com os dados da Canalys, analistas de mercado, a Xiaomi cresceu mais que qualquer outra fabricante. Aliás, a Xiaomi foi a única no Top 5 que se atreveu a contrariar a tendência de queda.

Xiaomi já domina em Espanha

Xiaomi domina em Espanha

Na Espanha, a Xiaomi ultrapassou a Huawei pela primeira vez. Com um crescimento anual de 46% a empresa asiática roubou o primeiro lugar à Huawei, que vinha a dominar há alguns anos.

Ainda assim, a Huawei continua com uma cota de mercado de 24%, 4% abaixo da Xiaomi e 2% acima da Samsung. Porém, temos de perceber que este ano não tem sido fácil para a marca por não conseguir implementar serviços Google nos seus equipamentos.

A OPPO é também uma marca que subiu consideravelmente na Espanha. Com um crescimento anual de 1024%. Este crescimento dá-se devido à entrada da marca de forma oficial no país. Algo que aconteceu em Portugal há umas semanas. Ainda assim, neste momento domina apenas 3% do mercado.

Samsung continua a liderar na Europa

Xiaomi Samsung europa

O gráfico europeu mostra que a Samsung continua a liderar com uma cota de mercado de 37% A Huawei foi a empresa que mais caiu nas vendas com uma queda de 40%.

Já a Xiaomi, como tinha referido, foi única marca no Top 5 que cresceu com um saldo positivo de 79% e uma cota de mercado de 10%. Apenas 8 pontos percentuais relativamente à Huawei.

Xiaomi

Espera-se que este crescimento da Xiaomi continue nos próximos tempos. O forte investimento da marca em Portugal é um pequeno reflexo do que está a acontecer na Europa. Esperemos que a batalha continue.

Editores 4gnews recomendam:

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.