Home Android

Xiaomi é a 4.ª maior fabricante mundial, Huawei em 3.º – Strategy Analytics

A Xiaomi ultrapassa a OPPO e torna-se a 4ª maior fabricante mundial de smartphones

Lei Jun Xiaomi CEO Huawei, Apple Samsung Strategy Analytics
Aconteceu, a fabricante chinesa já subiu ao 4º lugar no ranking mundial das maiores fabricantes de dispositivos móveis.

A fabricante chinesa, Xiaomi, fundada em 2010 por Lei Jun conseguiu em cerca de 8 anos subir ao pódio das 5 maiores fabricantes mundiais de dispositivos móveis. Neste momento, segundo a Strategy Analytics, está já atrás da Huawei (3.º lugar), tendo ultrapassado a OPPO (5.º lugar). A Apple continua em 2.º lugar e a Samsung em 1.º.

Assim está o mercado dos smartphones e dispositivos móveis que nos acompanham diariamente. São cada vez mais as fabricantes chinesas a almejar e a conquistar os lugares cimeiros deste mercado. A única excepção é a norte-americana Apple e a sul-coreana Samsung.

Vê ainda: OnePlus 6 em imagens reais, lado a lado com o iPhone X da Apple

Depois de aqui termos noticiado na 4gnews um dos melhores trimestres de sempre para a Apple, a Strategy Analytics dá-nos agora uma visão mais abrangente do estado do mercado. Esta empresa de análise de mercado mostra-nos a ascensão meteórica da Xiaomi.

Algo que já vinha a antecipar, depois de a mesma ter ultrapassado a BQ, Apple, LG e tantas outras no mercado espanhol. Enquanto isso, na China a Xiaomi ocupava até ao final de 2017 o 4.º lugar no ranking das maiores fabricantes de dispositivos móveis, mantendo a Apple em 5.º lugar no seu país natal.

Xiaomi ultrapassa a OPPO e torna-se a 4ª maior fabricante mundial de smartphones

Agora, a época dourada para a OPPO chegou ao fim. Depois de esta empresa ter registado um crescimento impressionante nos últimos anos, já no final de 2017 (último trimestre), a OPPO havia deixado de crescer. Ainda assim, a sua quota de mercado manteve-se inalterada, tal como a sua posição no mercado chinês (2.º lugar) e no mercado mundial (4.º lugar). Já então a Xiaomi, na altura em 5.º lugar, vinha a encurtar a distância para com a OPPO. Os dados são avançados pela Strategy Analytics.

Xiaomi OPPO OnePlus Huawei Samsung Apple
Os dados formam compilados pela Strategy Analytics e referem-se ao primeiro trimestre de 2018.

Podemos ver que no primeiro trimestre de 2018 foram vendidos menos smartphones do que no primeiro trimestre de 2017. Com efeito, o mercado global encolheu cerca de 2.4%, tendo neste período vendido 345.5 milhões de smartphones face aos 353.8 milhões registados no período homólogo de 2017.

Era apenas uma questão de tempo até ser a a Xiaomi e não a OPPO, a empresa logo atrás da Huawei e da Apple, todas elas ambicionando o lugar da Samsung. Os dados são da agencia Strategy Analytics que acompanha a evolução deste mercado.

Samsung caiu, Apple, Huawei e Xiaomi em crescendo

Esta agência de análise de mercado mostra-nos que a Apple conseguiu crescer neste primeiro trimestre em cerca de 0.5%, tendo vendido 52.2 milhões de iPhone’s. Já por seu lado a Samsung caiu ligeiramente em cerca de 0.1%, tendo vendido 78.2 milhões de smartphones Android.

Xiaomi Lei Jun CEO Huawei Apple Samsung Strategy Analytics
As vendas da Xiaomi já ultrapassaram as da OPPO. Agora vão agora olhar cada vez mais para a Huawei, Apple e Samsung

Xiaomi está agora atrás da Huawei, Apple e Samsung – Strategy Analytics

Com efeito, o relatório da Strategy Analytics a Xiaomi ultrapassa finalmente a OPPO a nível de quota de mercado mundial. Neste momento, no que ao volume de vendas diz respeito, a Xiaomi já é a 4.ª maior fabricante mundial.

A fabricante chinesa aproxima-se assim da sua conterrânea Huawei que por sua vez, tal como a Apple também cresceram no 1.º trimestre de 2018. Só mesmo a Samsung, entre as 3 maiores fabricantes, é que sofreu um pequeno revés de 0.1% na sua quota de mercado.

Como um todo, o mercado mundial de smartphones registou uma queda de 2% de ano para ano (2017 face a 2018). Ainda assim, vender-se-iam cerca de 345 milhões de smartphones durante os primeiros três meses de 2018.

Conclusões a retirar do relatório da Strategy Analytics são as seguintes:

A Samsung manteve a liderança com cerca de 78.2 milhões de smartphones vendidos. Cifra que representa 22.7% da quota de mercado. Uma pequena queda face aos 80.2 milhões de smartphones vendidos no início de 2017 (1.º trimestre).

A Apple manteve o segundo lugar com um total de 52.2 milhões de smartphones vendidos. Cifra que representa 15.1% da quota de mercado. Uma pequena subida aos face 50.8 milhões de smartphones vendidos no início de 2017 (1.º trimestre).

A Huawei manteve o terceiro lugar com um total de 39.3 milhões de smartphones vendidos. Cifra que representa 11.4% da quota de mercado. Uma pequena subida aos face 34.5 milhões de smartphones vendidos no início de 2017 (1.º trimestre).

A Xiaomi subiu para o quarto lugar com um total de 28.3 milhões de smartphones vendidos. Cifra que representa 8.2% da quota de mercado. Uma grande subida aos face 12.6 milhões de smartphones vendidos no início de 2017 (1.º trimestre).

A Xiaomi é sem dúvida o mais peculiar caso de sucesso entre todas estas fabricantes pelo seu crescimento meteórico. Relembro que em 2018 a Xiaomi quer vender um total de 100 milhões de smartphones. Neste momento já cumpriu mais de 25% da sua ambiciosa meta para este ano.

Estas são, no 1.º trimestre de 2018, segundo a Strategy Analytics, as 4 maiores fabricantes mundiais de smartphones.

Assuntos relevantes na 4gnews:

OnePlus 6 poderá ser comprado em loja física na Europa

Samsung Galaxy A6 e A6+ são oficiais! Fotografia em formato económico

Apple. iPhone, iPad e Mac geraram o melhor segundo trimestre de sempre

Fonte | via

Quando não está a escrever um artigo ou a gravar algum vídeo, o Bacelar tem por hábito saborear um bom livro, descobrir novas bandas sonoras ou simplesmente desfrutar do sol, na companhia de quem mais gosta (MM).