Home Android

Xiaomi em Portugal. O gigante Android que vai mexer com o mercado

O momento pelo qual os fãs da gigante chinesa esperavam está a chegar.

Xiaomi em Portugal Android
A gigante chinesa anda na boca e nos bolsos dos portugueses. Para quando uma Mi Store em Portugal com os Android da marca?

Qualquer amante do mundo Android e de tecnologia em geral tem ou gostava de ter um produto Xiaomi. Com atestado de qualidade e preços acessíveis, a gigante chinesa cavalgou terreno no mercado português e entrou nas nossas vidas. Faltava oficializar o namoro. Falta agora uma Mi Store com os seus Android (Mi, Redmi, entre outros).

Com a confirmação da chegada oficial a Portugal, a forma como interagimos com a marca tem tudo para melhorar. Até à data só podíamos adquirir um gadget Xiaomi numa loja online. No entanto, dentro de pouco tempo deve ser possível experimentar os novos smartphones e outros produtos da gigante chinesa em loja física.

Vê ainda: Samsung quer carregar o teu smartphone sem fios à distância

Ainda não se sabe se, como fez em Espanha, a marca terá loja física própria, mas os retalhistas estão aí para isso. Com tudo o que isso tem de bom e mau. O mês de março fica assim indelevelmente marcado pela chegada da Xiaomi ao nosso país.

Depois de Espanha e outros países europeus, vamos também nós poder adquirir, com todas as regalias, produtos como os Mi Mix 2 e o Mi A1. Dois smartphones Android. À primeira vista só encontro vantagens na chegada da Xiaomi. Para além de passar a ser possível adquirir os produtos após os experimentar fisicamente, contaremos com assistência e garantia de 2 anos. Isso é muito importante para boa parte dos consumidores.

A chegada oficial da Xiaomi a Portugal traz muitas vantagens para o consumidor

Mesmo que se alegue que os preços não serão tão competitivos quanto os online (que não serão), a vantagem de experimentar o produto antes de, por exemplo comprar online, só abona a favor do consumidor. Ainda assim, um preço mais puxado será sempre justificado com a suporte que não se consegue em lojas chinesas.

O anúncio deve ser feito este dia 27 e os consumidores têm muitas razões para ver com bons olhos este passo da Xiaomi. Acabam-se as ROM’s duvidosas. Teremos um produto que vai ser moldado para se adaptar ao consumidor português. A linha “Mi”, “Redmi”, entre outras.

Desenganem-se aqueles que não achem que estas regalias têm custos. Ainda assim parece-me que, quer seja através de lojas oficiais da marca ou em lojas como Worten ou Fnac, a Xiaomi vai vender. Trata-se de uma marca que está na boca e nos bolsos dos consumidores. E em breve poderá ser encontrada ali no centro comercial da esquina.

Outros assuntos relevantes:

Fortnite lidera as tendências no iOS da Apple ainda na sua Beta Fechada

Elon Musk apaga o seu perfil do Facebook, da Tesla e da Space X

Spotify: 2 Milhões de utilizadores usam aplicação “Premium” pirata

Fonte | via

Bebe das canções de Manel Cruz, das idiossincrasias de Bruno Aleixo e dos planos de Quentin Tarantino. A escrita está-lhe no sangue, e o amor à tecnologia é uma boa desculpa para o mostrar a quem queira ler.
Blogs do Ano - Nomeado Inovação e Tecnologia