Xiaomi e OPPO trarão o processador Helio P60 nos seus smartphones

Filipe Alves

A Xiaomi, OPPO e Meizu chegaram, a acordo com a MediaTek para embarcar o novo processador MediaTek Helio P60 nos seus equipamentos. O novo chip da marca chinesa foi revelado no Mobile World Congress e surpreendeu pela performance e preço solicitado aos fabricantes.

A MediaTek pode até não ter a melhor fama de sempre no que toca aos seus processadores. A marca dedicou-se durante muitos anos aos gama-baixa oriundos da China e foi perdendo a credibilidade.

Vê ainda: Xiaomi Redmi Note 5 tem um novo rival no Meizu E3

As atualizações de software também estavam longe de ser as melhores. Como sabes, quando o Android atualiza é preciso que a atualização passe também pelo processador e só depois pela fabricante.

Mas nos últimos anos a MediaTek tem melhorado consideravelmente estes "pormenores". A empresa de chips asiática fechou uma parceria com a OPPO, Xiaomi e Meizu para integrar o seu Helio P60 nos smartphones das marcas.

Xiaomi e OPPO voltam a arriscar com processadores MediaTek

Este processador é equivalente ao Qualcomm Snapdragon 660, assim sendo, poderás esperar uma performance de qualidade. Em forma de comparação, o Nokia 7 Plus é um dos que usa o Snapdragon 660 da Qualcomm.

Ainda não sabemos qual o smartphone da Xiaomi que utilizará o processador Helio P60, porém, acredita-se que a Oppo trará o P60 para o seu R15.

Estamos em 2018 e com a evolução mobile dos últimos anos posso dizer que já é seguro comprar um terminal com um processador MediaTek. Tem apenas em conta que, tal como os da Qualcomm, a MediaTek tem uma vasta gama de chips. Antes de escolheres um terminal com o processador da marca, dá uma vista de olhos ao feedback do processador que o embarca.

Assuntos relevantes na 4gnews:

Huawei P20 iguala o Samsung Galaxy S8 nos testes da Geekbench

Samsung Galaxy S9, agora com a monocelha do Apple iPhone X

Google vai banir publicidades sobre criptomoedas e ICO’s

Fonte | Via

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.