Xiaomi e Motorola em guerra aberta por Snapdragon 8 Gen 1. Quem vai ganhar?

Mónica Marques
Comentar

Com a apresentação oficial do Snapdragon 8 Gen 1 da Qualcomm, vários fabricantes de smartphones anunciaram já que vão integrar o processador nos seus próximos modelos.

Mas parece que o processador abriu uma rivalidade sem precedentes entre a Xiaomi e a Motorola que estão numa corrida contra o tempo para serem as primeiras a apresentar smartphones com o Snapdragon 8 Gen 1. E nas redes sociais vão-se sucedendo a troca de argumentos de cada uma das marcas...

Xiaomi está a trabalhar para otimizar desempenho de Snapdragon 8 Gen 1

A apresentação oficial do Snapdragon 8 Gen 1 deu origem a muitas movimentações no mercado de smartphones, com várias marcas a avançar que vão integrar o novo processador da Qualcomm nos seus terminais. Mas também parece ter suscitado uma rivalidade sem precedentes entre a Xiaomi e a Motorola que, aparentemente, querem disputar o título de primeira marca a apresentar um smartphone com o Snapdragon 8 Gen 1.

Nos últimos tempos, a Xiaomi tem sido a primeira marca a apresentar modelos com o processador mais recente da Qualcomm, mas parece que desta vez pode ser ultrapassada pela Motorola. E até os primeiros smartphones com o novo processador de topo da Qualcomm serem apresentados, a rivalidade entre estes dois fabricantes promete fazer correr muita tinta.

Hoje, Lei Jun, CEO e fundador da Xiaomi, publicou na rede social chinesa Weibo uma declaração longa sobre o novo processador da Qualcomm. Na sua publicação, o fundador da marca afirma que a Xiaomi está a trabalhar para otimizar o desempenho do Snapdragon 8 Gen 1, na sua próxima série Xiaomi 12.

De acordo com o responsável máximo da marca, um lançamento antecipado do smartphone não serve apenas para mostrar "habilidades PPT", mas antes para honrar o compromisso com os utilizadores de oferecer uma experiência de topo com os seus modelos flagship.

Motorola responde à Xiaomi e avança data de disponibilidade para venda do modelo Edge X30

E, como não podia deixar de ser, a resposta da Motorola a este comentário não tardou. Na mesma rede social chinesa, Chen Jin, gestor geral da Lenovo, confirmou que a apresentação do novo Moto Edge X30 vai acontecer a 9 de dezembro, sendo que o modelo vai ficar disponível para compra na China a 15 de dezembro.

O mesmo responsável confirmou que este smartphone vai integrar o processador Snapdragon 8 Gen 1 e que este nao será um "lançamento PPT". A confirmarem-se as datas avançadas pelo gestor da Lenovo, tal significa que a Motorola será, desta vez, a primeira marca a apresentar um smartphone com o novo processador de topo da Qualcommm, o Snapdragon 8 Gen 1. Caso para dizer, a tradição já não é o que era.

Especificações esperadas no Motorola Moto Edge X30

De acordo com informações divulgadas pela marca, a Motorola irá apresentar o modelo Moto Edge X30, com o novo Snapdragon 8 Gen 1, já no próximo dia 9 de dezembro. Até agora sabe-se que o novo terminal irá integrar um ecrã Full HD+ com 6,67 polegadas, uma taxa de atualização de 144 Hz e um sensor d impressões digitais embutido.

Para fotos selfies, o Edge X30 terá uma câmara frontal de 60 megapixéis enquanto que na traseira vai exibir uma configuração de câmara tripla com um sensor primário de 50 megapixíes, mais dois sensores de 50 megapixéis e dois megapixéis.

De resto, segundo a lista TENAA, o modelo estará disponível em três versões: uma com 6 GB de RAM e 128 GB de armazenamento, uma segundo com RAM 8 GB e 256 GB de memória interna e, por fim, uma terceira, com 16 GB de RAM e 512 GB de armazenamento interno.

Espera-se ainda que o Edge X30 tenha uma bateria de 5000 mAH com suporte para carregamento rápido de 68 watts.

Editores 4gnews recomendam:

  • Realme GT 2 Pro será um dos melhores smartphones a chegar à Europa em 2022
  • Xiaomi 12 Pro: eis o primeiro vislumbre ao seu ecrã
  • Qualcomm anuncia oficialmente o chip Snapdragon 8 Gen 1
Mónica Marques
Mónica Marques
Como jornalista de tecnologia assistiu à chegada do 3G e outros eventos igualmente inovadores no mundo hi-tech ao longo de mais de 20 anos de carreira.