Xiaomi domina os smartphones intermediários na tabela do AnTuTu

Filipe Alves
Comentar

Ainda há pouco falamos dos smartphones mais potentes Android (tabela que podes ver abaixo), porém, há um segmento tão ou mais importante. Os equipamento intermediários.

Aqueles dispositivos que prezam pela sua relação qualidade/preço. Neste quesito, a Xiaomi está a ganhar com a sua submarca Redmi. Porém, a margem é mínima e vemos smartphones da Huawei bem perto.

Xiaomi domina os melhores smartphones de gama média

Smartphone Pontuação no AnTuTu
Xiaomi Redmi 10X 5G 398,483
Xiaomi Redmi 10X 393,622
Huawei Honor 30 387,136
Huawei Nova 7 Pro 382,866
Huawei Nova 7 382,771
Huawei Honor X10 362,276
Huawei Honor 30S 353,787
Huawei Nova 7 SE 352,101
Xiaomi Redmi K30 5G 350,605
OPPO Reno4 5G 336,914

O grande problema dos smartphones Huawei

Ainda que a Xiaomi esteja na liderança da tabela, é a enorme quantidade dos smartphones Huawei que salta à vista. Contudo, os smartphones da Huawei têm um grave problema. Falo obviamente da ausência de serviços Google nos seus equipamentos. Uma situação que a Huawei não tem conseguido ultrapassar.

Huawei P40 Pro

Ainda assim, a Huawei está forte no mercado. Tanto na China, como para utilizadores onde isso não é um problema. Podemos constatar isso mesmo no smartphone Android mais potente do momento. O Huawei Mate 40 Pro.

Smartphones Android mais potentes do momento

Smartphone Pontuação no AnTuTu
Huawei Mate 40 Pro 685,339
IQQO 5 Pro 663,979
IQOO 5 663,767
Vivo X50 Pro+ 661,342
Xiaomi Redmi K30S 660,133
Xiaomi Mi 10 Ultra 659,561
ASUS ROG Phone 3 630,765
Lenovo Legion Pro 625,394
Xiaomi Black Shark 3S 617,990
OPPO Find X2 Pro 611,419

Em suma, como podemos ver os smartphones intermediários estão cada vez melhores. A verdade é que quem precisava de um topo de gama no passado, certamente não precisa agora. A não ser que dê valor a determinadas características que só estão presentes nesses flagships.

Editores 4gnews recomendam:

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.