Xiaomi: desvendados atributos fotográficos do Redmi K50 Gaming Edition

Mónica Marques
Comentar

Durante esta última semana, a marca chinesa tem vindo a revelar oficialmente várias das especificações incluídas no Redmi K50 Gaming Edition com lançamento previsto para 16 de fevereiro.

Agora foi a vez de serem desvendados os atributos fotográficos deste terminal, direcionado para a área de videojogos.

Redmi K50 Gaming Edition com sensor primário de 64 MP e tecnologia de Inteligência Artificial na câmara frontal

Ao longo da última semana, a Xiaomi tem vindo a revelar oficialmente os vários argumentos do novo Redmi K50 Gaming Edition que via ser lançado já no próximo dia 16 de fevereiro. E depois de terem sido reveladas as especificações do ecrã e velocidade de carregamento, eis que a marca desvenda toda a parte ótica que o novo smartphone integra.

Assim, segundo a Xiaomi o Redmi K50 Gaming Edition tem como sensor principal o Sony IMX686 de 64 megapixéis e para mostrar a capacidade da câmara primária, a marca juntou uma imagem captada pelo terminal ao novo anúncio.

Foi também revelado que o K50 Gaming Edition vai contar com uma câmara frontal Sony IMX596 com uma resolução de 20 megapixéis e tecnologia de Inteligência Artificial para melhorar a captação de fotos selfies.

E apesar de a Xiaomi não ter revelado mais pormenores sobre a configuração de câmara traseira tripla do terminal, vários rumores a circular no mundo Web indicam que o K50 Gaming Edition conta ainda com um sensor OmniVision OV13B de 13 megapixéis e um terceiro sensor com uma resolução de dois megapixéis.

Especificações esperadas no Redmi K50 Gaming Edition

Como já referimos, a marca chinesa já confirmou algumas das especificações integradas no novo Redmi K50 Gaming Edition. Nesse sentido, é oficial que o terminal terá um ecrã com uma taxa de atualização de 120 Hz e uma taxa de resposta ao toque de 480 Hz, sendo que também já obteve certificação A+ da Display Mate.

Por outro lado, para minimizar o cansaço ocular, o ecrã do Redmi K50 Gaming Edition vai também utilizar a frequência 1920 Hz PWN.

De resto, espera-se que execute o sistema operativo Android 12 sob a interface MIUI 13 da Xiaomi e que seja alimentado por uma bateria de 4700 mAh com suporte para carregamento rápido de 120 watts.

Este será também o único terminal desta série Redmi com o processador Snapdragon 8 Gen 1 aos comandos.

Editores 4gnews recomendam:

  • Revelados todos os segredos das câmaras do Realme 9 Pro+
  • Xiaomi Redmi K50 Gaming Edition recebe nota máxima na qualidade do ecrã
  • Microsoft com uma surpresa inovadora que inclui o chip Snapdragon 8CX Gen 3
Mónica Marques
Mónica Marques
Como jornalista de tecnologia assistiu à chegada do 3G e outros eventos igualmente inovadores no mundo hi-tech ao longo de mais de 20 anos de carreira.