Xiaomi destrona Apple e já é a maior vendedora de dispositivos wearable

Carlos Oliveira
Comentar

Depois de se tornar a segunda potência mundial no mercado de smartwatches, a Xiaomi atinge agora um novo marco para a sua história. Pela primeira vez, a tecnológica chinesa alcançou o lugar cimeiro no mercado de wearables.

Os dados constam no mais recente relatório de análise feito pela Canalys a este nicho de mercado. A grande novidade das suas conclusões é a queda da Apple para o segundo posto, ultrapassada pela chinesa Xiaomi.

Xiaomi já vende mais dispositivos wearable que qualquer outra marca

Durante vários anos vimos a Apple liderar este mercado devido à popularidade do seu Apple Watch. Este gadget afirmou-se como figura dominante no pulso dos utilizadores, não dando hipótese à sua concorrência.

Xiaomi Apple

Este cenário rompeu-se durante o segundo trimestre de 2021, coroando assim a Xiaomi como líder no mercado wearable. Com efeito, a tecnológica chinesa conseguiu expedir 8 milhões de dispositivos neste período.

Ainda que por uma margem reduzida, a Apple caiu para a segunda posição devido ao envio de 7,9 milhões de dispositivos do mesmo género. Uma diferença marginal, mas suficiente para coroar a Xiaomi e romper com um reinado já quase dado como garantido.

A Canalys reporta ainda a Huawei e Fitbit como terceira e quarta posicionadas, respetivamente, no mercado global de wearables. Já a Samsung surge na quinta posição, apesar de revelar um dos crescimentos mais significativos face ao ano anterior.

Xiaomi Mi Band 6 é a grande responsável por esta ascensão

Não se pode dizer que ficamos surpreendidos com o principal impulsionador do crescimento da Xiaomi. A Canalys coloca na Xiaomi Mi Band 6 a responsabilidade pela ascensão da marca chinesa ao topo deste mercado.

Xiaomi Mi Band 6

O lançamento deste gadget no período de análise deste relatório foi perfeito para atingir-se a meta que damos agora a conhecer. As várias novidades implementadas na Mi Band 6 deram resultado e fizeram a Xiaomi aumentar as expedições em 1,3 milhões de unidades só neste trimestre.

Apple Watch Series 7 pode inverter novamente os papéis

A nova hierarquia do mercado wearable pode inverter-se novamente no final deste ano. Com o lançamento do Apple Watch Series 7 nas próximas semanas, a empresa sediada em Cupertino pode recuperar a liderança.

A queda da Apple para o segundo posto pode eventualmente ser uma consequência de os seus utilizadores estarem já a aguardar o lançamento do novo modelo. Com efeito, estes retraem o seu consumo, reservando-o para o novo produto.

Prova disso é quando olhamos para o mercado onde se contempla apenas as vendas de smartwatches. Aqui, o Apple Watch é líder confortável, mostrando que o lançamento de uma nova geração poderá catapultar a empresa americana novamente para o topo.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.