Xiaomi: O que vai acontecer ao serviço de desbloquear bootloader?

Vitor Urbano
Xiaomi desbloquer bootloader smartphones
A Xiaomi confirmou oficialmente que não tem planos para terminar o serviço de desbloqueamento do bootloader

Rumores sobre o possível encerramento do serviço de desbloquear o bootloader dos smartphones da Xiaomi começaram a circular hoje de manhã. Notícias tão alarmantes como esta, rapidamente se espalharam por várias plataformas online, criando uma vaga de indignação por parte dos fãs da marca.

Este tipo de reação não é de estranhar, uma vez que a liberdade de poderem desbloquear o bootloader é uma das grandes vantagens dos smartphones da Xiaomi. O que seria de estranhar, era se a fabricante tivesse realmente decidido terminar este serviço.

Vê ainda: Realme U1 será verdadeira ameaça para a Honor e Xiaomi

Com o passar dos anos, a Xiaomi continua a ser a fabricante que mantém uma maior comunidade de developers a desenvolver constantes ROMs personalizadas para os seus vários smartphones. Não há dúvida que este é um dos grandes pontos fortes dos seus smartphones.

Para além de oferecerem especificações de alto nível tanto no segmento gama-média como topo de gama, aliadas a preços difíceis de competir. A possibilidade de personalizar o software dos smartphones sempre cativou muitos dos seus fãs.

Xiaomi vítima de 'fake news' no que respeita aos rumores sobre o desbloqueamento de bootloaders

No entanto, a fabricante não demorou muito tempo a endereçar estas alegadas notícias. A conta da MIUI no Twitter veio confirmar categoricamente que essas notícias não correspondiam à realidade. Alertando os seus fãs para não acreditarem em 'fake news'.

Na sua publicação, confirmaram que continuam a providenciar o serviço para desbloquear o bootloader dos seus smartphones. Encaminhando os utilizadores para um tutorial que explica o processo passo a passo.

Xiaomi Desbloquear Bootloader smartphones MIUI

Por isso, ficou então confirmado que não existem planos para encerrar o serviço, pelo menos num futuro próximo. Ainda assim, certamente que muitos utilizadores iriam ficar satisfeitos em saber que a marca iria conseguir reduzir os tempos de espera do popular serviço.

Enquanto muitas outras fabricantes, como por exemplo a Huawei, decidiram deixar de providenciar os códigos de desbloqueio do bootloader dos seus smartphones, deixando os seus utilizadores furiosos.

A Xiaomi consegue assim 'marcar mais uns pontos' face à concorrência. Mantendo-se fiel às suas origens, colocando o poder de decisão nas mãos dos seus fãs.

Editores 4gnews recomendam:

Xiaomi anuncia mais uma Smart TV, agora com dimensões de gigante!

BlackFriday: Os gadgets Xiaomi mais procurados que não podes perder!

Xiaomi volta a entrar no livro de Recordes do Guiness. Incrível!

Fonte | Via

Vitor Urbano
Vitor Urbano
Sempre de mão-dada esteve a tecnologia, o desporto e o mundo gaming. Por isso, se não estiver a escrever sobre o que de novo há no mundo da tecnologia, o mais provável é estar a jogar uma partida de Ultimate Team no FIFA 19.