Xiaomi está a contratar um "Sales Manager" para Portugal

Filipe Alves
Xiaomi está a contratar um "Sales Manager" para Portugal
A fabricante chinesa poderá chegar oficialmente a Portugal já durante o ano de 2018. ©reuters

A Xiaomi prepara a entrada em Portugal nos próximos tempos. Depois de termos referido que a marca tinha registado o nome de forma oficial em Portugal, eis que mais uma pista nos chega através do Linkedin da marca asiática.

Para além das imensas vagas de emprego à volta do mundo, podemos ainda encontrar um oferta de emprego para Lisboa, Portugal. A descrição do trabalho é clara. A Xiaomi chegará ao nosso mercado em breve e estes são os últimos pormenores até que se tornem oficiais.

Vê ainda: Google Play Store começa a recomendar Apps “Lite” e Android Go

Fui chamado à atenção sobre a situação por Carlos Correia, que numa pesquisa da marca, acabou por se deparar com a oferta de empresa no website Linkedin. Pelo que parece a vaga ainda não está preenchida, assim sendo, se encaixas no perfil e gostarias de trabalhar para uma das maiores empresas tecnológicas do mundo, tens aqui uma oportunidade.

O candidato não precisa de muito, no entanto, não é qualquer um que se pode identificar no perfil.

Requisitos para o trabalho da Xiaomi em Portugal

"1. Inglês fluente, Mestrado em Marketing, Grau de Licenciatura ou superior; 2. Trabalhar na indústria de smartphones, para operadores ou retalhistas, é uma vantagem. Mais de três anos de experiência de trabalho na mesma área é outra vantagem; 3. Extensas conexões na indústria de eletrónica de consumo e smartphones; 4. Ter forte envolvimento no mercado, habilidades de comunicação com o cliente, forte capacidade de gestão de equipa; 5. Ser apaixonado, possuir forte capacidade de trabalho em equipa e bom na cooperação com as pessoas; 6. Frequentes viagens de negócios."

O trabalho não será propriamente simples, porém, temos aqui mais uma pista que a Xiaomi está de facto pronta para começar a investir em Portugal. Como tudo na vida, também esta implementação no nosso país demorará o seu tempo.

Se tens aptidões para o trabalho e queres saber mais dá um salto aqui à listagem no Linkedin.

Não será fácil encontrar uma equipa de marketing e treinar essa equipa. Nem tudo se resume em abrir uma loja e esperar que os clientes comprem. Esperemos apenas que os próximos meses sejam mais esclarecedores face à posição da Xiaomi no nosso país.

Assuntos relevantes na 4gnews:

Mi 7 – Um render questionável do topo de gama Android

OPPO, “irmã” da OnePlus dificilmente entrará nos EUA devido à Huawei

Redmi Note 5 começa a receber a versão estável da MIUI 9.5

Fonte | via: Carlos Correia

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.