Xiaomi confirma detalhes de topo nas suas próximas Smart TV

Bruno Coelho
Comentar

A Xiaomi confirmou esta semana a chegada dos seus televisores de próxima geração. Estas são apelidadas de Mi TV 6, e podem muito bem chegar também ao mercado europeu num futuro próximo.

Primeiramente, estas serão apresentadas na China já na próxima segunda-feira, 28 de junho. E a conta-gotas, a Xiaomi tem revelado na rede social Weibo algumas das principais características destes produtos.

AMD FreeSync Premium e HDMI 2.1 confirmados na Xiaomi Mi TV 6

Na mais recente publicação, a Xiaomi revela detalhes que serão certamente muito importantes para quem joga. Esta Smart TV terá suporte para AMD FreeSync Premium para maior fluidez em jogos. E é confirmado também o suporte para HDMI 2.1, que será importante para quem tem uma consola de nova geração.

Xiaomi Mi TV 6
Xiaomi Mi TV 6 com Wi-Fi 6, HDMI 2.1 e AMD FreeSync Premium

O suporte para Wi-Fi 6 também não foi esquecido, e permitirá que possas aproveitar as velocidades mais rápidas de internet em casa. Noutra publicação, a Xiaomi confirma ainda a parceria com a Xbox, garantindo resolução 4K e taxa de atualização a 120Hz. Como é óbvio, quem tem uma PlayStation 5 também poderá usufruir desta regalia.

Um vislumbre ao design da Xiaomi Mi TV 6
Um vislumbre ao design da Xiaomi Mi TV 6

Tal como noticiamos esta semana, a Xiaomi garantiu também suporte para as tecnologias HLG, HDR10, HDR10+, Dolby Vision IQ e IMAX Enhanced. Isto significa que consumir uma boa série ou vídeo será um deleite nesta Smart TV.

Um vislumbre ao design da Xiaomi Mi TV 6
HLG, HDR10, HDR10+, Dolby Vision IQ e IMAX Enhanced confirmados

É bom referir que são esperados modelos de 55", 65" e 75" polegadas. A Xiaomi revelou ainda a existência de uma “Edição Extreme” com painel LCD ao nível do melhores. Segunda-feira saberemos todos os detalhes e, mais importante, os vários preços.

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Come especificações ao pequeno-almoço.