Xiaomi confirma algumas características do novo smartphone Xiaomi CC9

Filipe Alves
Comentar

O Xiaomi CC9 será lançado a 2 de julho em conjunto com um outro terminal CC9e. Estes dois novos equipamentos começarão uma nova linha de telemóveis na fabricante.

Os rumores eram alguns e a Xiaomi confirmou algumas das suas características. De acordo com os teasers da marca, o Xiaomi CC9 contará mesmo com uma câmara frontal de 32MP e com uma câmara principal de 48MP. A câmara traseira será apoiada por uma de 16MP+12MP. Ao que parece, com capacidade para fazer zoom.

Xiaomi CC9

Xiaomi mostra-nos o que as câmaras do CC9 são capazes

Ainda que as fotografias tenham sido seriamente reduzidas pela compressão das redes sociais (e do nosso website), podemos confirmar que um dos pontos a favor deste terminal será a fotografia.

Os telemóveis são feitos, segundo a Xiaomi, para jovens que gostem de produtos irreverentes. Aparentemente as câmaras são também um fator chave para o sucesso do terminal.

Xiaomi CC9 deverá seguir a ideologia dos smartphones Meitu

A Meitu era uma marca de smartphones que se dedicava seriamente à câmara frontal dos dispositivos. Depois da Xiaomi comprar a empresa de smartphones, acreditava-se que alguns dos seus equipamentos podiam vir a seguir esta linha. Pois bem, este Xiaomi CC9 e CC9e deverão ser os tais com os traços Meitu.

Embora os Meitu não tenham destaque no Continente Europeu, foram dos smartphones mais populares na China. Ou seja, os amantes da marca estão à espera que este Xiaomi CC9 não desiluda.

Será que chegarão à Europa?

Infelizmente não me parece que estes terminais venham a ter o foco na Europa. Ainda assim, vale a pena salientar que são centenas os websites que importam produtos da China para o nosso país. Ou seja, é provável que os consigas comprar através dos típicos websites oriundos da China.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.