Xiaomi colhe cada vez mais frutos da forte aposta na Europa. Sabe como

Bruno Coelho
Comentar

Os últimos anos têm sido de forte aposta da Xiaomi na Europa ocidental, em países como Portugal ou Espanha. E essa aposta revela-se cada vez mais acertada, sendo a empresa a quarta classificada na lista das que mais vende.

O último relatório referente ao primeiro trimestre de 2020 da Strategy Analytics confirma o franco crescimento da Xiaomi na Europa ocidental. Numa altura em que o mercado mobile desceu 17% face ao ano passado, a Xiaomi alcançou uma quota de mercado global de 10%.

Xiaomi chegou oficialmente a Portugal em 2019

À frente da Xiaomi estão apenas Samsung, Apple e Huawei. Mas é bom recordar que a empresa só está oficialmente na Europa ocidental desde novembro de 2017. A Portugal, por exemplo, apenas chegou o ano passado, tendo já quatro lojas físicas.

Xiaomi
Xiaomi já tem quatro lojas físicas em Portugal (duas no Porto, uma em Lisboa e uma em Braga)

Xiaomi já é líder de mercado em Espanha

O mercado espanhol, por exemplo, é o mais importante para a Xiaomi. Segundo os números da Canalys, a Xiaomi já é líder de mercado em Espanha com 28%. Não é por isso de espantar que a empresa faça os seus lançamentos globais no país vizinho.

Muito deste crescimento na Europa ocidental deve-se também à queda da Huawei, como nota a Strategy Analytics. A Huawei foi banida pelos Estados Unidos, levando a que os seus equipamentos sem serviços da Google se tornassem muito menos atrativos no Velho Continente.

Numa altura em que a epidemia de Covid-19 afeta toda uma indústria, a Xiaomi parece ser das que menos sentiu problemas. E a aposta na Europa ocidental continua a fazer-se sentir, com o lançamento do Pocophone F2 Pro marcado para 12 de maio no país vizinho.

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
O Nokia 3650 foi o primeiro grande mergulho no mundo tecnológico. Se o Football Manager e o cinema são dois dos seus escapes, o Macbook Pro é o melhor amigo. Escrever sobre tecnologia é o processo natural na vida de alguém que come especificações ao pequeno-almoço.