Xiaomi Black Shark Gaming Smartphone Android
Já é oficial! Este é o primeiro smartphone da fabricante chinesa dedicado aos jogos.

Acaba de ser apresentado o smartphone Android conhecido como Xiaomi Black Shark, o primeiro smartphone da marca dedicado aos gamers. Mais concretamente ao Gaming, aos jogos e tarefas graficamente intensas e exigentes. Trata-se de um autêntico topo de gama com preços extremamente competitivos.

Estará disponível em duas versões e trará acessórios dedicados para jogo. O terminal Android acaba de ser apresentado pela marca em Pequim, na China e promete fazer frente ao Razer Phone e futuramente ao ZTE Nubia Red Magic. Agora, está finalmente na hora de o conhecermos oficialmente.

Vê ainda: OnePlus 6 totalmente revelado por fabricante de capas

Em primeiro lugar, a empresa Black Shark é uma das sub-marcas da tecnológica Xiaomi que agora lança o seu primeiro smartphone Android. Conta com características nada menos do que impressionantes e adequadas a um verdadeiro topo de gama. A “janela” de interação com este Xiaomi Black Shark será o seu ecrã com o formato / ratio 18:9 mas há muito mais…

Temos aqui 8GB de memória RAM (na versão de topo), para além do processador topo de gama da Qualcomm, o Snapdragon 845. Trata-se de um SoC (system on chip) octa-core com frequências máximas de processamento a 2.7 GHz. Para dar resposta a todo o processamento gráfico temos aqui a Adreno 630. Todavia o seu grande ponto alto (além do preço), é a possibilidade de o conectar com um controlador Bluetooth.

Xiaomi Black Shark já é oficial!

O Xiaomi Black Shark tem uma enorme bateria, adequada ao poder de processamento que dele é exigido. Ainda assim, o smartphone Android passará a ser um smartphone para Gaming quando o utilizador o conectar com o controlador Shark GamePad via Bluetooth. Aí sim, o dispositivo transforma-se numa máquina de jogos e não só num poderoso smartphone Android. O equipamento mede 161.6 x 75.4 x 9.25mm (altura x largura x espessura), pesa um total de 190 gramas.

Xiaomi Black Shark Gaming Smartphone Android
Acaba de nascer um novo colosso para o mercado Android. Este é o novo smartphone para Gaming. Conta com um avançado sistema de arrefecimento.

Shark GamePad desperta todo o potencial do Xiaomi Black Shark

Apesar da sua parte frontal ter um aspecto muito simples e similar aos demais smartphones Android no mercado, temos aqui traços bem marcantes. Com cantos arredondados e construído em metal, tem um design arrojado na sua traseira e especificações que fazem dele uma “besta” de processamento. Sobretudo quando é ligado ao ao seu controlador, o Shark GamePad. É vendido à parte e custa 23€ ou 28$.

Mais ainda, na sua lateral esquerda, o smartphone conta com um botão físico dedicado, o Shark Key que dá acesso a todo um “Hub” dedicado aos jogos. Aí encontrarás várias funções e modos para jogar sem ser perturbado, entre outras funcionalidades. Já o seletor de volume encontra-se na lateral direita do smartphone. Mais ainda, na sua traseira é impossível não reparar num grande “S”, a verde,  que destaca o seu painel traseiro.

Xiaomi Black Shark Gaming Smartphone Android
O controlador Bluetooth é vendido à parte e custa (€23/$28)

Software – Android Oreo com a JOY UI

Baseada no sistema operativo Android Oreo da Google, o Xiaomi Black Shark utiliza uma interface personalizada pela marca. Não, não é a MIUI mas sim a JOY UI, dedicada inteiramente ao Gaming, aos jogos e para que tudo neste smartphone seja orientado para o jogo e diversão. Todavia, várias funcionalidades da MIUI poderão ser encontradas dentro deste smartphone.

Note-se que quando estiveres a jogar, poderás também ativar alguns modos como o “Silêncio” ou “Não Perturbar” com um simples acesso / toque no sensor biométrico. Isto é, para que as ações sejam imediatas, o leitor de impressões digitais servirá como um autêntico atalho para controlar e desencadear alguns modos / ações no smartphone com a Shark Dock.

Ecrã, a “janela” do Xiaomi Black Shark

O smartphone Android para Gaming conta com um ecrã de 5.99 polegadas, produzido pela InCell. Temos aqui uma resolução Full-HD+ com o formato 18:9, portanto 1080 x 2280 pixéis. O ecrã conta com suporte para o padrão de cor DCI-P3. Temos também uma tecnologia MEMC para compensação de cor e para garantir a melhor experiência possível enquanto jogamos.

Logo abaixo do ecrã, na aresta inferior, encontramos o seu leitor de impressões digitais / sensor biométrico que pode ser utilizado para os efeitos supra-citados.

Processador e variantes do Xiaomi Black Shark

No seu interior temos o Snapdragon 845 da Qualcomm. Mais ainda, segundo o próprio CEO da empresa, Wu Shimin, na AnTuTu terá obtido 279,464 pontos. Já para controlar a temperatura do smartphone durante as sessões de Gaming temos aqui um sistema complexo de arrefecimento. Este sistema inclui tubos de cobre, compostos de grafite e uma grande conduta metálica que faz parte de um sistema de arrefecimento líquido.

Sistema este que, para além de manter o smartphone fresco, não colocando em risco a integridade dos componentes, consegue aumentar a eficiência do processador até 20 vezes. Promete ser capaz de diminuir rapidamente a sua temperatura em cerca de 8º centígrados.

Respectivamente às variantes, a versão base tem 6GB de memória RAM e 64GB de armazenamento interno, memória UFS 2.1. Já a versão de topo apresenta 8GB de memória RAM e 128GB de armazenamento interno. Ambas as variantes deste smartphone Android utilizam uma bateria com 4000mAh de capacidade. Esta possui carregamento rápido a 18W com a tecnologia Quick Charge 3.0 da Qualcomm.

Fotografia e vídeo no smartphone Android para Gaming

Para fotografia, temos aqui um alinhamento duplo de câmaras fotográficas na sua traseira. Mais concretamente com 12MP e abertura focal de f/1.75 com pixéis de 1.25micron. Já o sensor secundário conta com uma resolução de 20MP, abertura focal de f/1.75 e pixéis de 1.0micron. Temos, claro, o seu flash dual-LED, os modos HDR, PDAF, Modo Retrato e Panorama.

Para as tuas selfies neste smartphone Android para gaming tens uma câmara frontal de 20MP com abertura focal de f/2.2. Sendo esta câmara capaz de gravar vídeo a resolução 4K Ultra-HD a 30fps. As câmaras (3) utilizam sensores produzidos pela Pixelworks com lentes de 5 elementos óticos.

O que oferece o Shark GamePad?

O verdadeiro potencial do smartphone Xiaomi Black Shark é despertado pelo seu Shark GamePad. Este é o seu controlador, vendido à parte, com conexão Bluetooth. Conta com um joystick e com vários botões para o efeito. No seu interior tem uma bateria de 340mAh que promete uma autonomia de 30 horas de utilização. Mais ainda, este Shark GamePad pode ser utilizado em todo e qualquer smartphone Android com conectividade Bluetooth 4.0 e Android 4.4 ou superior.

Controlador Bluetooth custa 23 euros ou 28 dólares

Xiaomi Black Shark Gaming Smartphone Android 6
Podemos aqui ver o controlador em funcionamento.

A nível de conectividade o smartphone Xiaomi Black Shark conta com uma porta USB-C. Temos também conectividade Wi-Fi 802.11ac e 2 x 2 MIMO. Mais ainda, possui conectividade Bluetooth 5.0, 4G VoLTE, suporte para dual-SIM, GPS, APGS e GLONASS, utilizando uma antena cruzada, em “X”.

Quando custa o Xiaomi Black Shark?

A versão / variante mais económica, com 6GB +64GB custa o equivalente a 477 dólares ou 377 euros no mercado chinês. Já a versão de topo, com 8GB+128GB custa o equivalente a 557 dólares ou 451 euros, mais uma vez, estes serão os preços praticados na China. Já o controlador Shark GamePad pode ser adquirido por cerca de 28/29 dólares ou 23 euros.

O terminal chegará às lojas na China a partir do dia 20 de abril e para já a marca não revelou qualquer intenção de expansão para além do seu país natal. Todavia, as plataformas de venda online poderão distribuir este novo smartphone Android para Gaming.

Assuntos relevantes na 4gnews:

XiaomMi 6X chega em breve com o Snapdragon 660 e Android Oreo

Xiaomi está a ponderar a aquisição da GoPro – Bloomberg

Xiaomi Black Shark e Razer Phone convidados para a apresentação da ZTE

https://www.youtube.com/watch?v=Xd4wjSqNygY

Fonte | via

Quando não está a escrever um artigo ou a gravar algum vídeo, o Bacelar tem por hábito saborear um bom livro, descobrir novas bandas sonoras ou simplesmente desfrutar do sol, na companhia de quem mais gosta (MM).