Xiaomi Black Shark 2 passa pelo AnTuTu e surpreende!

Filipe Alves

O Xiaomi Black Shark 2 é o próximo smartphone gaming da empresa asiática. O novo telemóvel da Xiaomi poderá não ser o mais esbelto a nível de design, porém, trará tudo o que um amante de gaming quer.

De acordo com os rumores, o Xiaomi Black Shark seguirá os antecessores. Ou seja, um design robusto, LED's na parte traseira e uma construção em plástico.

Xiaomi Black SharkPorém, de acordo com as mais recentes informações, o Xiaomi Black Shark 2 trará também um novo sistema de arrefecimento que melhorará o desempenho do telemóvel em situações que assim sejam necessárias.

Xiaomi Black Shark 2 chegará com um design idêntico aos antecessores

Hoje temos a passagem do Xiaomi Black Shark 2 pelo AnTuTu Benchmarks e podemos confirmar algumas das informações anteriores. Primeiramente confirma-se o processador Qualcomm Snapdragon 855. Logo depois, podemos também afirmar que o terminal chegará com uma variante de 8GB de memória RAM e 128GB de armazenamento interno.

Xiaomi Balck Shark 2 antutu

Acredita-se ainda que um modelo com 10GB ou 12GB de RAM possa ser revelado em conjunto. Caso tal aconteça, é esperado que a memória interna suba para os 256GB.

O ecrã é FullHD+ mas sem mais informações até então. Não temos ideia de como é o design frontal do smartphone. Para já temos apenas a ideia que deverá tentar reduzir ao máximo as margens laterais.

A pontuação de 359 mil pontos no AnTuTu surpreende

O Xiaomi Black Shark 2 conseguiu uma fantástica pontuação de 359 mil pontos. Isto significa que o terminal saltará para os primeiros lugar da lista de benchmark. Ou seja, performance não será um problema neste equipamento.

Quando será o Xiaomi Black Shark 2 revelado oficialmente?

Ainda que não haja datas concretas para o lançamento oficial do smartphone, acredita-se que possa ser no mês de março que o veremos a sair para as prateleiras. Portugal não o deverá receber em loja, porém, a loja online oficial da Black Shark já envia para Portugal. Podes também tentar reduzir ao preço de compra nas típicas lojas online oriundas da China.

Editores 4gnews recomendam:

Fonte | Via

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.