Xiaomi atinge novo recorde de utilizadores mensais ativos da sua MIUI

Rui Bacelar
Comentar

A Xiaomi divulgou recentemente o seu relatório fiscal alusivo ao segundo trimestre de 2021, período que findou a 30 de junho, coincidindo com o ano civil. Entre a realidade apontada verifica-se um novo pico de utilizadores da sua interface MIUI.

Mais concretamente, até ao final de junho de 2021 a Xiaomi registou mais de 450 milhões de utilizadores ativos na MIUI. Para a fabricante chinesa esta métrica representou um aumento de 32,1% na base de utilizadores comparativamente com 2020.

O crescimento da Xiaomi reflete-se (também) na adoção da MIUI

Xiaomi MIUI

Partindo do relatório fiscal publicado na última quarta-feira (25) a Xiaomi declara um total de receitas no segundo trimestre de 13,5 mil milhões de dólares, ou cerca de 11,5 mil milhões de euros. Cifra que representa um aumento anual de 64%.

De igual modo, os serviços de internet nesse mesmo período resultaram numa arrecadação de mil milhões de dólares, cerca de 850 milhões de euros durante os três meses em questão. Esta cifra traduz-se num aumento de 19,1% no setor em questão.

É, no entanto, a indicação de crescimento de utilizadores ativos da interface MIUI que aqui nos interessa. Trata-se de um inequívoco indicador do crescimento sustentado da fabricante chinesa, representando a adoção crescente dos seus dispositivos móveis.

Há mais de 453,8 milhões de utilizadores ativos da MIUI

Podemos ainda dividir este valor entre os utilizadores ativos na China, agora com cerca de 124 milhões - um aumento anual de 13%, representando a crescente popularidade da marca no seu país natal. Foi um aumento de 5,3 milhões de utilizadores da MIUI face às métricas registadas em março último.

Por outro lado, no fim de junho de 2021 o número de utilizadores globais das televisões Mi TV e boxes Xiaomi também aumentou na razão de 34,0% de ano para ano. Por outras palavras, também este segmento de atividade cresceu na ordem dos dois dígitos.

Ademais, também os assinantes dos serviços de televisão Xiaomi TV aumentou para 4,7 milhões nos países em que está disponível, sendo um crescimento de 17,1%.

Crescimento generalizado em todos os setores de atividade da Xiaomi

Este segundo quartel de 2021 trouxe também um novo recorde nas receitas geradas pelo setor de publicidade da Xiaomi. Com efeito, este segmento atingiu os 694,8 milhões de dólares, cerca de 591,2 milhões de euros gerados através da publicidade apresentada.

De igual modo, as receitas geradas pelo setor dedicado aos jogos (gaming) aumentaram em 10,7% com a obtenção de 138,9 milhões de dólares, ou cerca de 118,1 milhões de euros no trimestre em questão.

Também os serviços de Internet da Xiaomi, fora da China, atingiram novos recordes. De acordo com a fabricante este setor cresceu 96,8%, gerando assim 169,8 milhões de dólares, ou cerca de 144,5 milhões de euros.

Por fim, o relatório fiscal aponta ainda o crescimento de 10,3% nos serviços de valor acrescentado da Xiaomi. O setor apurou receitas de 247,0 milhões de dólares, ou cerca de 210,2 milhões de euros.

Xiaomi lidera o mercado de smartphones em 22 países

O relatório fiscal dá ainda conta da dominância da Xiaomi em 22 mercados espalhados pelo globo. São 22 nações em que a Xiaomi ocupa já o primeiro lugar, sobretudo na Europa e regiões do sudeste asiático.

Por fim, pode ainda ser dito que o preço médio de venda ao público dos smartphones Xiaomi está estável na comparação entre este trimestre e o anterior. Mais concretamente, 172,39 dólares, ou cerca de 146,7 euros.

Em síntese, a Xiaomi registou um crescimento sólido em todos os seus setores de operação no segundo trimestre fiscal de 2021.

Apurou-se, com efeito, um crescimento a dois dígitos em todas as áreas analisadas, bem como a prevalência da fabricante com os smartphones baratos, abaixo de 150 euros.

Utilizam atualmente algum dispositivo Xiaomi com a sua MIUI?

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.