Xiaomi Mi 5 pro

As empresas fabricantes de smartphones olham cada vez de uma forma mais séria para serviço de pagamentos. A Google tentou fazer do Google Wallet uma moda há uns anos atrás, mas esta “trend” só pegou a sério quando a Apple lançou oficialmente o serviço Apple Pay.

Lê também: A Apple vai-me a obrigar a comprar o iPhone 7 Plus e não me sinto feliz com isso

   

Até então vemos duas empresas a dominar o sector, a Apple e a Samsung. O serviço que utiliza a conexão via NFC obriga o smartphone a suportar este modo de pagamento e torna-se bastante mais cómodo e seguro que propriamente um cartão de multibanco.

A Xiaomi acaba de anunciar o serviço de pagamento via mobile Xiaomi “Mi Pay” na China em cooperação com enorme quantidade de bancos que garantidamente fará deste serviço mainstream no País.

O serviço consiste em basicamente o mesmo dos concorrentes, um pagamento máximo de 30€ via NFC com segurança de leitor de impressão digital.

O Xiaomi Mi5 já conta com NFC e espera-se que esta atualização chegue em breve para os utilizadores Chineses. Quanto à Europa não sonhes muito, a Xiaomi tem uma forte presença no velho Continente, porém, não oficial.

Talvez queiras ver: