Xiaomi 14 Ultra será apresentado por um novo executivo da marca

Mónica Marques
Mónica Marques
Tempo de leitura: 1 min.

O CEO e cofundador da Xiaomi, Lei Jun, acaba de apresentar William Lu como o novo diretor-geral da marca chinesa. E o novo executivo vai ter em breve uma prova de fogo. Isto porque será William Lu a apresentar o novo Xiaomi 14 Ultra, um evento que o próprio considera “ser uma honra”.

The Xiaomi SU7 is now undergoing nationwide road tests, as we prepare for its domestic launch. To dedicate myself fully to our EV business, @WilliamLuXiaomi will assume the additional role as the General Manager of the Xiaomi brand. This includes taking the stage for future…

— Lei Jun (@leijun) 4 de fevereiro de 2024

Lei Jun vai dedicar-se ao lançamento do Xiaomi SU7 no mercado chinês

Toda a informação foi divulgada pela própria Xiaomi através de um tweet partilhado na rede social X.

Lei Jun esclarece que vai dedicar-se ao lançamento do veículo elétrico SU7 no mercado chinês e que William Lu vai então ficar com a posição de diretor geral e com a missão de apresentar ele próprio o novo smartphone de topo da marca chinesa.

Honored to be entrusted with this exciting opportunity. Thank you @leijun, I can't wait to unveil the Xiaomi 14 Ultra! https://t.co/HUgm9Keaum

— William Lu (@WilliamLuXiaomi) 4 de fevereiro de 2024

Alguns rumores avançam que o novo fotográfico da Xiaomi será revelado já na edição deste ano do Mobile World Congress que decorre de 26 a 29 de fevereiro, em Barcelona. Acresce ainda que o smartphone passou já por várias certificações internacionais.

Tudo somado é bem possível que a estreia de William Lu aconteça já no palco do maior evento Mobile da Europa.

Especificações esperadas no Xiaomi 14 Ultra

De acordo com os rumores anteriormente divulgados, o novo smartphone vai contar com uma configuração de câmara quádrupla com quatro sensores de 50 megapixéis, sendo que o principal vai contar com abertura variável.

No interior, o modelo vai alojar o processador Snapdragon 8 Gen 3, emparelhado com de até 16 GB de memória RAM.

Espera-se que chegue a executar HyperOS, baseado no sistema operativo Android 14, e que, pelo menos uma das suas variantes, inclua comunicações por satélite.

Outras fontes avançaram também que este modelo vai integrar suporte para carregamento rápido de 90 watts e sem fios de 80 watts.

Mónica Marques
Mónica Marques
Como jornalista de tecnologia assistiu à chegada do 3G e outros eventos igualmente inovadores no mundo hi-tech ao longo de mais de 20 anos de carreira. monicamarques@4gnews.pt