Xiaomi 12 Ultra: reveladas as especificações do próximo smartphone Xiaomi

Rui Bacelar
Comentar

As especificações agora reveladas para o Xiaomi 12 Ultra mostram-nos um smartphone poderoso, mas não extraordinariamente diferente do atual Xiaomi 12 Pro. Pelo menos no papel, as diferenças não nos fazem prender o fôlego, ainda que mereçam respeito, sobretudo com as novas câmaras fotográficas desenvolvidas em parceria com a Leica.

Estas caraterísticas, divulgadas por uma fonte com credibilidade, mostram-nos que as principais melhorias, além da supracitada câmara, serão o processador e o ecrã. Assim, teremos desde logo um ecrã de 6,7 polegadas, resolução Quad-HD+, tecnologia LTPO AMOLED com alta taxa de atualização variável até 120 Hz. Já o processador será o Snapdragon 8+ Gen 1 da Qualcomm.

Estas são as (prováveis) especificações técnicas do Xiaomi 12 Ultra

O smartphone deverá ser apresentado no próximo mês de julho para estrear a nova parceria com a Leica. Naturalmente, o seu maior trunfo será a câmara fotográfica e experiência de captação de conteúdo com potencial para dominar o ranking da DxOMark.

Até lá, as fugas de informação têm trazido, em ritmo constante, novos detalhes sobre o telefone como os que vemos acima, cortesia do leaker Yogesh Brar. Esta é uma das fontes mais prolíferas do momento, com bom histórico de fiabilidade no mercado mobile.

Assim, face aos modelos atuais a atualização e melhoria mais significativa será provavelmente o Snapdragon 8+ Gen 1 da Qualcomm face ao processador anterior, presente no trio Xiaomi 12. Para além disso, teremos também um ecrã LTPO AMOLED com caraterísticas de topo, apesar de no Xiaomi 12 Pro também encontrarmos um painel de grande nível.

Todas as atenções estarão centradas na experiência de câmara Leica

Acima podemos ver algumas das representações digitais ou renders anteriormente partilhados com destaque para o grande módulo das câmaras fotográficas. Porém, até ao momento não vimos imagens reais credíveis do Xiaomi 12 Ultra, pelo que poderemos ter algumas surpresas.

Por outro lado, atentando nas especificações referidas supra, notamos que a capacidade de bateria está referida nos 4 800 mAh e a velocidade de carregamento. Note-se que esta está algo "limitada" aos 67 W quando esta fabricante já tem um padrão consideravelmente mais poderoso, a 120 W. Ainda assim, temos a referência ao carregamento sem-fios até 50 W, um padrão já particularmente veloz neste tipo.

O mais importante, note-se, será a câmara fotográfica principal. Aqui, temos a referência a um sensor de 50 MP com OIS, sensor de 48 MP para a objetiva ultra grande angular e, por fim, um sensor de 48 MP com ampliação ótica da imagem até 5x. Teremos também a câmara ToF (Time of Flight) no módulo auxiliar, bem com o sistema de focagem automática auxiliado por laser.

As fugas de informação são concordantes na maioria das especificações

Há ainda a menção à câmara fotográfica frontal de 20 MP, bem como a presença do sistema operativo Android 12 e da interface MIUI 13 da própria Xiaomi. O telefone pode pesar até 234 gramas, sendo construído em vidro ou cerâmica com estrutura metálica.

Sabemos, por fim, que a sua apresentação oficial deve ocorrer durante o mês de julho, com preço provavelmente superior aos 1000 dólares. Aliás, o seu antecessor, Mi 11 Ultra, chegou ao mercado a custar cerca de 1 200 dólares, pelo que contamos com um valor similar para o produto de nova geração.

Editores 4gnews recomendam:

  • Xiaomi 12S confirma o Snapdragon 8+ Gen 1 e 12 GB de RAM
  • Huawei MatePad T10 Kids Edition é o novo tablet para crianças em Portugal
  • Google Maps introduz função muito útil na app para Android e iOS
Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. Ocupa-se com a atualidade tecnológica na 4gnews. Email: ruibacelar@4gnews.pt